5 dicas anti-envelhecimento para manter seu DNA jovem e saudável

Conheça o mais recente alvo anti-envelhecimento, os telômeros. Os telômeros são o "tampão" do DNA que se localizam no final de cada cromossomo para uma função celular saudável (imagine a peça de plástico no final de um cadarço). Evidências crescentes sugerem que o encurtamento dos telômeros pode inibir a função das células tronco, a regeneração celular e a manutenção dos órgãos, contribuindo para o temido processo de envelhecimento.
Share on facebook
Share on twitter

Conheça o mais recente alvo anti-envelhecimento, os telômeros.

Os telômeros são o “tampão” do DNA que se localizam no final de cada cromossomo para uma função celular saudável (imagine a peça de plástico no final de um cadarço). Evidências crescentes sugerem que o encurtamento dos telômeros pode inibir a função das células tronco, a regeneração celular e a manutenção dos órgãos, contribuindo para o temido processo de envelhecimento. Enquanto ainda há muito a aprender sobre a bioquímica que rege o funcionamento e manutenção dos telômeros, manter a sua saúde ainda é o melhor a fazer para a prevenção dos sinais de envelhecimento. Alguns suplementos chave estão se mostrando uma promessa para manter a estrutura dos telômeros, o que o ajudará a se sentir mais jovem por muito mais tempo.

5-dicas-antienvelhecimento

Veja aqui uma listagem que fizemos sobre as formas que já foram identificadas para manter os telômeros e sua saúde fortes:

1 . Tenha o ômega 3 como um grande aliado

Um estudo de 2010 em pacientes com doença coronariana (CAD) descobriu uma associação inversa entre os níveis sanguíneos de óleo de peixe e a taxa de encurtamento do telômero, sugerindo uma possível explicação para os efeitos protetores de ácidos graxos ômega 3. Como os telômeros são marcadores do envelhecimento biológico, o comprimento dos telômeros tem mostrado uma forma de predizer a mortalidade em pacientes com doenças cardiovasculares. Pesquisadores da Universidade da Califórnia em San Francisco estudaram mais de 600 pacientes e descobriram que quanto mais altos os níveis sanguíneos de ácidos ômega 3 derivados de peixes em pacientes com doença coronariana, mais longos são os telômeros. Sendo assim, recomenda-se optar por um suplemento de óleo de peixe de alta qualidade, para isso  escolha fórmulas com alta concentração de ômega 3 (High Omega Concentration) feitas por empresas idôneas e com selo de isenção de metais tóxicos.

2 . Exercite-se diariamente

Se você está procurando por uma fonte da juventude, você poderá encontrá-la no ginásio de esportes mais próximo, ou até mesmo ali, naquela pista de caminhada perto de sua casa. Um estudo de 2008 publicado nos Archives of Internal Medicine com mais de 2.400 gêmeos comparou o comprimento dos telômeros naqueles que se exercitam com os daqueles que são sedentários. Depois de um ano, eles descobriram – com base no comprimento do telômero – que aqueles que praticavam atividade física eram biologicamente mais jovens do que aqueles que não. De fato, os telômeros dos indivíduos mais ativos foram significativamente mais compridos do que aqueles dos sujeitos menos ativos. Com base nesses estudos, entendemos a importância da atividade física para a nossa saúde integral. Que tipo de atividade física você tem feito ultimamente.

3 . Uma dose diária de sol

Com todos os seus benefícios, você pode facilmente identificar a vitamina D como uma pílula mágica. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition descobriu que as altas concentrações de vitamina D estão associadas a telômeros mais longos. Os pesquisadores relatam que a influência nos telômeros pela vitamina D é provavelmente devido a um efeito inibitório sobre a inflamação, como medido pela proteína C reativa (CRP), um marcador de inflamação. Lembre-se que o estresse oxidativo e inflamação fazem você envelhecer mais depressa, por isso vale a pena tomar uma dose diária de sol, além de suplementar com vitamina D3.

4 . Inverta o relógio com resveratrol

Resveratrol é um polifenol presente nas sementes de uvas, na película das uvas pretas, no vinho tinto e na pele do amendoim, é conhecido por otimizar o funcionamento dos vasos sanguíneos, diminuir as células de gordura e reduzir o processo de envelhecimento. É verdade! Um estudo de 2003 publicado na revista Nature mostrou que o fermento tratado com resveratrol viveu 60 por cento mais tempo. Pesquisas mais recentes da Harvard Medical School e do Instituto Nacional sobre o Envelhecimento, descobriram que o resveratrol foi apresentado para oferecer benefícios de sobrevivência em ratos. Atualmente há a possibilidade de ingerir resveratrol a partir de cápsulas de suplemento.

5 . Corte de uma vez por todas os hábitos e comportamentos nocivos

A questão não é “como envelhecer mais devagar”, mas sim “o que está causando o envelhecimento acelerado?” Stress, açúcar e inflamação são três coisas que encurtam o comprimento dos telômeros e aumentam o envelhecimento celular. Portanto, uma boa nutrição, a gestão do stress, minimizar o consumo de álcool e açúcar, parar de fumar e restaurar o sono são urgentes para quem deseja, de fato, preservar seus telômeros e tempo de vida longos.

Agora que você já sabe a relação dos telômeros com a longevidade das suas células, poderá colocar essas cinco dicas em prática com muito mais eficácia!

Compartilhe este post e divida o conhecimento com seus amigos e familiares!

2 comentários em “5 dicas anti-envelhecimento para manter seu DNA jovem e saudável”

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Neste Natal seja saudável e criativo!

Natal chegando e você já está pensando nos presentes que precisa comprar, não é mesmo? Este ano, em vez dos presentes tradicionais como roupas, perfumes, sapatos e outros, que tal ser criativo e ainda ajudar na saúde da sua família e amigos? As pessoas ficarão surpresas e agradecidas. Mas aí vem a pergunta: como? É muito fácil. Confira: