A diferença entre o magnésio dimalato e o bisglicinato

Share on facebook
Share on twitter
magnésio

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), a população brasileira tem carência de magnésio. Essa insuficiência pode gerar uma série de manifestações, como a dificuldade de memória, cãibras, fraqueza muscular, tremores, irritabilidade neuromuscular, entre outros. (1,2)

Muitas vezes, quando esses transtornos aparecem, costumamos desconfiar de diversos outros fatores e nos esquecemos de considerar que a razão pode estar na falta de magnésio no organismo. Na publicação de hoje, você vai descobrir um pouco mais sobre esse elemento e compreender a diferença entre as duas principais classificações que encontramos no mercado desse mineral.

O que é o Magnésio?

O magnésio é um eletrólito essencial utilizado na síntese de proteínas e no transporte de energia no organismo. Considerado o mineral maestro do nosso corpo, ele participa em mais de 350 reações bioquímicas, sendo assim, dezenas de enzimas dependem dele para realizarem suas funções corretamente. (1,3)

Além de estar envolvido no metabolismo de carboidratos e também de proteínas, o magnésio atua na ativação da vitamina B1 e no metabolismo do fósforo, zinco, cobre, ferro, chumbo, cadmio, acetilcolina e óxido nítrico. (2)

Como já citamos brevemente, o magnésio também atua no transporte de energia, facilitando a transmissão dos impulsos nervosos e regularizando as contrações musculares.(1)

magnésio

Um mineral com muitas funções

Ainda sobre esse mineral vital para o nosso organismo, não podemos deixar de citar a sua importância para o funcionamento adequado dos nervos e dos músculos, além de ser fundamental para converter o açúcar do sangue em energia, minimizar a tensão nervosa e a depressão, promover a saúde do sistema cardiovascular e melhorar a digestão. (4)

Uma outra área que usufrui dos benefícios do magnésio é a saúde dos ossos. Esse mineral atua no metabolismo ósseo e é necessário para a manutenção de sua integridade, justamente por estar relacionado ao cálcio. O magnésio, além de ser constituinte da estrutura óssea mineral em conjunto com o cálcio e fosfato, participa dos processos de troca de minerais entre os ossos e tecidos. (1)

Os níveis sanguíneos baixos de magnésio estão associados a diversas doenças crônicas, como Alzheimer; resistência à insulina e diabetes tipo II; hipertensão; doenças cardiovasculares, como derrames; enxaquecas e desordem de déficit de atenção e hiperatividade. (5)

No mercado, há uma grande variedade de magnésio disponível para atender condições específicas. A seguir, apresentaremos dois tipos: o magnésio dimalato e o bisglicinato.

magnésio

Magnésio dimalato e seus benefícios

O magnésio dimalato é uma combinação de ácido málico com o mineral, que auxilia na redução de dores musculares, como a fibromialgia. (5)

O ácido málico é um composto vital que estimula a energia celular, melhora a digestão e ajuda na desintoxicação dos metais tóxicos no corpo. Trata-se de um componente natural de frutas – principalmente maçãs – e legumes, além de ser produzido naturalmente pelo organismo em grandes quantidades. (1,5)

A característica mais significativa do ácido málico é o seu efeito sobre o metabolismo e a produção de energia. Inclusive, ele desempenha um papel importante no ciclo de Krebs, que fornece a energia celular. (1,5)

Além de ser utilizado no tratamento de fibromialgia, também é usado para tratar indivíduos com síndrome de fadiga crônica, sendo indicado para melhorar a dor, incapacidade funcional e alterações comportamentais e cognitivas. (1,4)

5 benefícios do magnésio dimalato: (1)

  1. Melhorar a força muscular, desempenho e recuperação após o exercício;
  2. Atenuar a fraqueza, fadiga ou cansaço nos músculos;
  3. Restaurar a energia rápida para o corpo e promover a agilidade mental;
  4. Reduzir qualquer metal pesado que se acumule no organismo e reduzir o risco de desenvolvimento de condições prejudiciais à saúde, tais como danos no fígado e distúrbios cerebrais;
  5. Oferecer propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias.

Magnésio bisglicinato e seus benefícios

O termo bisglicinato (ou quelato) é empregado para caracterizar um mineral que é ligado a um aminoácido e que possui maior capacidade de ser absorvido pelo organismo. Enquanto quelado, o mineral leva a vantagem de ser melhor biodisponível, com maior capacidade de absorção e sem interferir na impregnação de outros nutrientes. (6)

Sendo assim, o magnésio bisglicinato possui ligação com duas moléculas de glicina (aminoácido), o que potencializa seus benefícios, proporcionando uma maior absorção e aproveitamento do magnésio pelo organismo. Como já vimos, o magnésio é vital para a saúde do tecido muscular e nervoso, entre outras propriedades benéficas, portanto a sua forma como um bisglicinato pode ser altamente eficaz. (6)

5 benefícios do magnésio bisglicinato (6)

  1. Promover efeito analgésico natural como um relaxante;
  2. Prevenir e atuar no tratamento de doenças cardíacas;
  3. Combater a fadiga neuromuscular;
  4. Tratamento da TPM;
  5. Combater a depressão e reduzir o estresse e a ansiedade.

Agora que você já conhece os dois principais tipos de magnésio encontrados no mercado, conta pra gente qual deles melhor atende suas necessidades ou se já suplementou em algum momento na vida.

Lembrando que a inclusão de qualquer componente na sua rotina precisa ser acompanhada por um profissional qualificado na área.

Fontes:
  1. VALDEQUÍMICA. Magnésio Dimalato. Disponível em: <https://dermomanipulacoes.vteximg.com.br/arquivos/Magnesio_Dimalato.pdf>. Acesso em 12 jul. 2022.
  2. IBEROQUÍMICA MAGISTRAL. Magnésio Dimalato. Disponível em: <https://pharmanossa.com.br/wp-content/uploads/2021/01/MAGNESIO-DIMALATO.pdf
  3. ASSOCIAÇÃO NACIONAL DOS FARMACÊUTICOS. Magnésio. Disponível em: <https://anfarmag.org.br/ler-comunicado/magnesio/>. Acesso em 12 jul. 2022.
  4. INFORMAÇÕES sobre usos do magnésio. Disponível em: <https://www.dropbox.com/s/meqswkbt3nmxcwe/Informa%C3%A7%C3%B5es%20sobre%20usos%20do%20elemento%20magn%C3%A9sio.pdf?dl=0>. Acesso em 12 jul. 2022.
  5. PHARMÁCIA CANTINHO DA TERRA. Magnésio Dimalato. Disponível em: <https://www.cantinhodaterra.com.br/arquivos/20180914051011.pdf>. Acesso em 12 jul. 2022.
  6. INFINITY PHARMA. Minerais Quelatos (Bisglicinato). Disponível em: <https://dermomanipulacoes.vteximg.com.br/arquivos/Magnesio_Quelado.pdf>. Acesso em 12 jul. 2022.

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Cinco benefícios do óleo de coco que você precisa conhecer!

Você gosta de usar o óleo de coco em sua alimentação e em sua rotina de higiene e beleza, mas fica confuso com as informações divergentes que encontra sobre esta gordura, e ainda tem dúvidas se ela realmente é tão benéfica? Então este artigo é para você, para que saiba, de uma vez por todas, que o óleo de coco não é um vilão, mas sim um superalimento. Veja:

Chegou o Vital Real! Conheça!

A Vital Âtman acaba de lançar o Vital Real, um suplemento de vitamina E com óleos de linhaça e gergelim prensados a frio e própolis

Linhaça: por que você ainda não consome?

Vamos fazer um teste? Pense nos principais alimentos que você ingeriu na última semana. Provavelmente nesta lista não vai ter a linhaça, acertei? Isso porque a maioria das pessoas desconhece todos os benefícios deste pequeno grão. Mas você pode e deve fazer uso deste alimento.
Veja o que ele pode fazer por você: melhorar a textura de pele e cabelo, auxiliar no emagrecimento…