Memória e saúde do cérebro: conheça oito alimentos benéficos

Share on facebook
Share on twitter
Conheça 8 alimentos ótimos para a memória e a saúde do cérebro

Você sabia que a nossa alimentação também pode afetar a memória? Uma dieta pobre em vitaminas e nutrientes pode prejudicar a saúde do cérebro e, consequentemente, a memória.

Nesse texto, falaremos um pouco sobre isso, além de apresentar alimentos que podem melhorar a memória e a saúde cerebral.

A saúde do cérebro começa no prato

Ter uma dieta rica em magnésio, ômega-3, zinco, vitaminas B1 e B6 e colina auxilia na saúde do cérebro. E sabe o que é positivo? Podemos consumir tudo isso apenas com alimentação. Alimentos que já fazem parte do nosso dia a dia, como folhas verde-escuras, feijão e carne são grandes aliados quando se trata de fortalecimento de neurônios e prevenção do mal de Alzheimer. (1)

Vale lembrar que, da mesma forma que uma alimentação saudável pode auxiliar na saúde, uma má alimentação pode prejudicar o funcionamento cerebral. Os alimentos que podem fazer mal são: embutidos, enlatados, ultra processados, refrigerantes, frituras e doces. O que acontece é que, ao incluí-los na dieta, acabamos deixando de ingerir os alimentos saudáveis, perdendo, assim, substâncias importantes para o bom funcionamento do nosso cérebro. (1)

Mas afinal, quais são os alimentos que podem auxiliar na memória e na saúde do cérebro?

Conheça 8 alimentos ótimos para a memória e a saúde do cérebro
Conheça 8 alimentos ótimos para a memória e a saúde do cérebro

1 – Peixe

Sardinha, salmão, atum, cavalinha e arenque. Esses são os peixes que precisam ser incluídos na dieta. Isso porque eles são ricos em ômega-3, responsável por fazer a conexão entre os neurônios, contribuindo para a plasticidade sináptica. (2)

Fora isso, o peixe pode proteger o cérebro contra doenças neurodegenerativas e ajudar a prevenir e reduzir os sintomas da depressão. Se comermos esses peixes uma vez por semana, já teremos benefícios para a memória. (3)

2 – Nozes

As nozes são ricas em ômega-3 (de origem vegetal, e não animal, como o caso do peixe), e substâncias de ação antioxidante e anti-inflamatória. Incluir as nozes na sua dieta poderá favorecer a formação de novos neurônios e, de quebra, contribuir para a comunicação dos neurônios que já existem. E não é só isso. As nozes também otimizam a eliminação de toxinas que podem vagar pelo nosso cérebro e, as ingerindo diariamente, podemos melhorar a memória verbal. (3)

3 – Espinafre

As folhas escuras, no geral, concentram uma grande variação de substâncias essenciais para beneficiar o sistema nervoso, mas uma delas merece estar em evidência: o espinafre. Não era à toa que o Popeye gostava tanto, né? O espinafre é rico em luteína, responsável por contribuir de forma significativa para a saúde do cérebro. (2)

Pessoas que consomem alimentos que possuem luteína em sua dieta diária tem memória e raciocínio aguçados. Isso acontece porque esses alimentos têm ação antioxidante e, combatendo os radicais livres, acabam ajudando o cérebro. Sabe-se que o estresse pode ser um fator para causar danos aos neurônios e, consequentemente, contribuir para perdas cognitivas. (2)

E tem mais! Além do espinafre, a rúcula, a couve e o brócolis possuem ácido fólico, que contribui para proteger o cérebro e reduzir o risco de demências. (2)

4 – Morango

Nem só de ômega-3 nossa memória sobrevive, né? O morango possui fisetina, um componente que desempenha um importante papel nas lembranças. Essa substância induz a diferenciação das células nervosas, influenciando diretamente na boa função cognitiva e na redução do esquecimento. Ponto para o morango! (4)

5 – Tomate

O tomate, assim como o morango, também é rico em fisetina, que contribui consideravelmente para a melhora da memória. Fora isso, ele ainda possui licopeno, que é uma antioxidante capaz de reduzir os danos causados pelos radicais livres. (4)

6 – Chocolate amargo

Você não leu errado, não. O chocolate amargo pode sim ser um ótimo aliado na saúde do cérebro. Isso acontece porque ele é feito a partir do cacau, fruto que possui efeitos antioxidantes e consegue promover uma boa circulação do sangue. (2)

O chocolate amargo auxilia na cognição, na memória, na atenção e, de bônus, na redução de problemas cardíacos. Vale ressaltar que abusar do chocolate pode ser prejudicial à saúde, tá? Então, a regra é consumir com moderação. (2)

7 – Ovo

Um alimento que todos tem em casa e que é bom e barato. É rico em colina, substância responsável por auxiliar na saúde mental, na memória e no aprendizado. Além disso, consegue proteger as células do cérebro. (4)

8 – Uva

Quem tem memória ruim com certeza precisa comprar um cacho de uvas agora! Brincadeiras a parte, as uvas têm fisetina – assim como o morango e o tomate – e são ricas em flavonoides. Essas duas substâncias protegem o sistema nervoso, influenciando na regulação da morte dos neurônios e na regeneração das células. (4)

Conheça 8 alimentos ótimos para a memória e a saúde do cérebro
Conheça 8 alimentos ótimos para a memória e a saúde do cérebro

Outros alimentos como linhaça, quinoa, amendoim, abacate, azeite de oliva e café também podem ser aliados para melhorar a memória e a saúde do cérebro. (2, 3 e 4).

Nunca é tarde para mudar seus hábitos alimentares. Sempre há tempo para cuidar do que ingerimos. Mas lembre-se: é essencial procurar ajuda de um profissional da área para que ele entenda as suas necessidades e te oriente a respeito da quantidade de cada alimento que deve ser consumido.

FONTES:
  1. HARTMAN, Marcel. Nada melhor que suplementos: veja comidas que melhoram concentração, memória e raciocínio. Estadão, 2017. Disponível em <https://emais.estadao.com.br/noticias/bem-estar,nada-de-suplementos-veja-comidas-que-melhoram-concentracao-memoria-e-raciocinio,70001663867>. Acesso em 02 dez. 2020.
  2. PEREIRA, Regina Célia. Os 10 alimentos que melhoram a memória. Veja Saúde, 2018. Disponível em <https://saude.abril.com.br/alimentacao/os-10-alimentos-que-melhoram-a-memoria/>. Acesso em 02 dez. 2020.
  3. SOUZA, Tailise. Os sete alimentos que turbinam o cérebro. Veja Saúde, 2020. Disponível em <https://saude.abril.com.br/blog/com-a-palavra/alimentos-turbinam-o-cerebro/>. Acesso em 02 dez. 2020.
  4. CARVALHO, Luciana. 10 alimentos ótimos para a memória. Exame, 2016. Disponível em <https://exame.com/casual/10-alimentos-otimos-para-a-memoria/>. Acesso em 02 dez. 2020.

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Cálcio e fósforo: saiba porque seu corpo precisa desses minerais

Os macrominerais são: cálcio, fósforo, potássio, enxofre, sódio, cloro e magnésio. Já os microminerais ou “oligoelementos” são: ferro, iodo, zinco, selênio, manganês, cobre, cobalto, molibdênio, cromo, flúor, silício, vanádio, níquel e estanho.

Entre esses minerais, o cálcio é o que existe em maior quantidade no organismo, seguido pelo fósforo.

Grande parte de nosso peso corporal deve-se ao cálcio e 99% dele está nos nossos ossos e dentes, enquanto a parte restante é distribuída nos tecidos e sangue. Interessante, né?

COMO RETIRAR AGROTÓXICO DOS SEUS ALIMENTOS

Fonte: www.blogcreative.com.br Maçã – não é aconselhável descascá-la, os nutrientes que a deixam saudável também estão contidos na casca. Deixe a maçã de molho em solução com