COZINHA VITAL – Suchá do Pensar

Share on facebook
Share on twitter

Rendimento: 01 porção

Ingredientes:

1 colher de semente de erva doce

1 copo de água

1 maçã

1 fatia de gengibre

1 colher (sobremesa) de Óleo de Pepitas de Girassol.

1 cenoura pequena

Preparo:

– Fazer a infusão com a erva doce, coar e reservar até o chá ficar frio.

– Bater no liquidificador: o chá, a maçã, o gengibre e o Óleo de Pepitas de Girassol.

– Decore com uma fatia de cenoura na borda do copo.

Esse conceito de misturar suco + chá = suchá é muito interessante, pois podemos agregar os benefícios do chá e do suco. Experimente diversas variações – troque os chás, os óleos, etc…

Ele ganhou esse batismo graças a Rudolf Steiner, que trouxe a importância das raízes na alimentação. Esse conceito baseia-se na trimembração, que organiza o homem em 3 sistemas: neuros sensorial, na área da cabeça – onde se atuam as forças do pensar -, no coração e no pulmão – onde se atuam as forças do sentir -, e nos membros – onde se atuam as forças do querer.

O homem traz a imagem da planta invertida: as raízes da planta vão alimentar o pensar humano (beterraba, cenoura, gengibre, ginseng, inhame, entre outros); os caules e folhas alimentam o sentir (não é à toa que quando uma pessoa está com bronquite- utiliza-se eucalipto- um dos maiores caules conhecidos?!) e as flores e frutas alimentam o nosso querer. E não é primordial para a nossa saúde que aquilo que a gente pensa, sente e faz sejam conectados?

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Quatro maneiras de praticar o amor próprio

Como anda seu amor próprio?
Em geral, carregamos uma crença doentia de que quando nos colocamos em primeiro lugar estamos sendo egoístas. Mas quando fazemos as coisas por obrigação, ou porque sentimos que “precisamos”, essas atividades acabam gerando ressentimento e estresse em nossas vidas.

Ao optar pela prática do amor próprio de maneira profunda e intencional, naturalmente cuidamos dos outros de uma forma mais saudável e positiva!

Gorduras: vilãs X mocinhas

Falou em gordura, falou em mal à saúde? Saiba que a lógica não é bem assim! Existem, sim, aquelas que prejudicam nosso organismo, como, por

Conheça os benefícios do DHA, sua saúde mental nunca mais será a mesma!

Um dos alimentos mais importantes para o bom desenvolvimento cerebral é o DHA, um tipo de gordura do bem que é encontrada no ômega 3.

Você já sabe que os ômegas 3 são definidos como ácidos graxos “essenciais”, o que significa que eles são essenciais para que o seu organismo possa realizar todas as funções biológicas necessárias, certo?