Existe segredo para ser feliz?

Share on facebook
Share on twitter

Somos seres individuais e com desejos tão particulares. Muitas vezes, imaginamos sermos tão diferentes de todo mundo e é como se ninguém pudesse nos compreender, mas, uma coisa, acreditamos que todos temos em comum: a vontade de ser feliz, esse desejo de sentir a felicidade até a última gota e experimentar a sensação de estar aproveitando a vida do melhor jeito possível.

A felicidade pode ser sentida de inúmeras formas, mas a ciência descobriu que é possível ter algumas chaves para acessá-la com mais facilidade e plenitude: as nossas relações! A gente te explica e ainda fala sobre mais pontos importantes que estão relacionados à nossa felicidade.

Felicidade e relacionamentos

Um estudo desenvolvido durante 75 anos pela Universidade de Harvard, que trata-se de uma das mais longas pesquisas já noticiadas, acompanhou 724 homens, monitorando a vida deles no trabalho, em casa e exames médicos anualmente, concluiu que a principal razão para a felicidade são os bons relacionamentos, pois ajudaram a mantê-los saudáveis por mais tempo, auxiliaram no relaxamento do sistema nervoso e atuaram na redução das dores tanto emocionais quanto físicas. Observou-se, também, que pessoas solitárias tiveram o cérebro deteriorado com mais velocidade, resultando em uma piora na saúde e menos longevidade. É possível e vale a pena conferir mais dados sobre esse estudo em uma TED Talk feita por um dos diretores do estudo, Robert Waldinger. (1)

Muitos de nós acreditamos que a felicidade está majoritariamente relacionada com a satisfação com o trabalho, no ganho financeiro, na conquista material e em outros fatores, mas, na verdade, está mais na qualidade dos relacionamentos que cultivamos ao decorrer da vida. Mas que fique claro: isso não quer dizer que esses outros tópicos não motivem momentos felizes e que não estejam incluídos nessa pauta.

No Reino Unido, pesquisadores da LSE verificaram a resposta de 20.000 pessoas sobre fatores que impactam o seu bem-estar tanto positivamente quanto negativamente. Uma das descobertas nesta pesquisa é que a felicidade é maior em comunidades onde as pessoas confiam umas nas outras. Ou seja, mais pontos para os relacionamentos de qualidade na busca por ser mais feliz! (2)

Variar ambientes também pode nos deixar mais felizes!

Ainda relacionando esse sentimento tão gostoso à ciência, uma pesquisa realizada pela Universidade de Nova York, antes deste momento que estamos vivendo com a pandemia, mostrou que há uma conexão entre as nossas emoções e a variedade de lugares que visitamos no dia a dia. Como assim?! Durante o período que os participantes dessa pesquisa foram monitorados, percebeu-se que, quanto mais lugares eram visitados durante o dia, maiores eram os sentimentos de relaxamento, alegria, atenção e ela, a felicidade. Já podemos fazer roteiros para quando tudo isso passar, que tal? (3)

Outros segredos para a felicidade:

Nessa publicação, buscamos abordar um tema tão subjetivo com um olhar focado em dados e vem mais deles pela frente para você ver que é possível colocar em prática o plano de ser mais feliz nesta vida!

George Bradt, colunista da Forbes, escreveu uma matéria em que compartilhou algumas informações importantes encontradas sobre a felicidade em diversos estudos. Confira os destaques: (4)

  • Felicidade é amor e bons relacionamentos nos mantêm mais felizes e saudáveis;
  • O alcoolismo está estreitamente relacionado com a infelicidade;
  • A felicidade vem de três “bens”: fazer o bem para os outros, fazer coisas que somos bons, fazer o bem para nós mesmos;
  • Para ser feliz é preciso escolher ser feliz com o que quer que você faça, estreitar relações e cuidar da saúde física, financeira e emocional. 

Psicologia Positiva: a ciência da felicidade

Em 1998, em uma palestra, Martin Seligman, pesquisador da Universidade da Pensilvânia, solicitou aos cientistas que procurassem se preocupar com as qualidades humanas e não com os defeitos. Neste momento, surgiu a “psicologia positiva”, que descobriu que é possível, sim, termos algum controle sobre a nossa felicidade. Veja alguns ensinamentos que a neurociência acredita ser possível aumentar a sensação de ser feliz: (5)

  • Multiplique boas lembranças;
  • Invista em experiências e não em objetos;
  • Seu cérebro vai transformar muitos momentos ruins em algo bom, não se preocupe tanto;
  • Mexa na sua rotina: mude a rota de casa, almoce com alguém diferente, passeie com o cachorro em um parque, tome um sorvete, mude a playlist etc.;
  • Lide com as coisas mais difíceis no início do dia e deixe o melhor para o final;
  • Pratique a meditação, ela diminui o estresse, a ansiedade, a dor e a depressão;
  • Aprenda coisas novas e desafiadoras: quando sentimos que estamos tendo novas conquistas, o espaço das preocupações diminui, dando lugar à felicidade;
  • Coisas ruins acontecem, mas a diferença está no tamanho que damos aos contratempos. Ter uma visão positiva sobre esses momentos sempre pode ajudar;
  • Agradeça! Quando a gratidão é genuína, ela é uma fonte real de felicidade;
  • A felicidade não acontece 100% do tempo, aceite isso, foque na calma e no contentamento.

Tudo isso faz sentido para você? Para nós, faz muito!

Juntamos muitas informações sobre o assunto e esperamos que todas essas palavras te abracem com uma mensagem de: é possível ser feliz!

Não se cobre tanto nessa busca, mas não deixe a felicidade lhe escapar pelos dedos nos mais simples momentos, sorrisos e abraços que você vivencia.

Fontes:
  1. GIGLIOTTI, Analice. O segredo da felicidade. Veja Rio, 2020. Disponível em: <https://vejario.abril.com.br/blog/manual-de-sobrevivencia-no-seculo-21/o-segredo-da-felicidade/>. Acesso em 10 ago. 2021.
  2. O SEGREDO da felicidade? Saúde mental e relacioamentos. Veja, 2016. Disponível em: <https://veja.abril.com.br/saude/o-segredo-da-felicidade-saude-mental-e-relacionamentos/>. Acesso em 10 ago. 2021.
  3. VITORIO, Tamires. Pesquisadores descobrem o segredo da felicidade (até na quarentena). Exame, 2020. Disponível em: <https://exame.com/ciencia/pesquisadores-descobrem-o-segredo-da-felicidade-ate-na-quarentena/>. Acesso em 10 ago. 2021.
  4. BRADT, Geroge. The secret of hapiness revealed by Harvard Study. Forbes, 2015. Disponível em: <https://www.forbes.com/sites/georgebradt/2015/05/27/the-secret-of-happiness-revealed-by-harvard-study/?sh=714e190c6786>. Acesso em 10 ago. 2021.
  5. DI GIACOMO, Fred; HUECK, Karin. Felicidade: como construir a sua. Super Interessante, 2017. Disponível em: <https://super.abril.com.br/especiais/como-construir-a-sua-felicidade/>. Acesso em 10 ago. 2021.

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Gorduras: vilãs X mocinhas

Falou em gordura, falou em mal à saúde? Saiba que a lógica não é bem assim! Existem, sim, aquelas que prejudicam nosso organismo, como, por