Já ouviu falar dos antioxidantes sesamina e sesamolina?

Sabe aquele gergelim que você conhece, geralmente usado sobre os pães? Além de enfeitar os alimentos e dar um gostinho especial, o óleo extraído a frio deste alimento traz vários benefícios para a saúde! Entre seus compostos estão dois ácidos graxos polinsaturados antioxidantes, a sesamina e a sesamolina, que podem melhorar as funções cardíacas, o sistema imune e até ajudar no emagrecimento.
Share on facebook
Share on twitter

Sabe aquele gergelim que você conhece, geralmente usado sobre os pães? Além de enfeitar os alimentos e dar um gostinho especial, o óleo extraído a frio deste alimento traz vários benefícios para a saúde!

Entre seus compostos estão dois ácidos graxos polinsaturados antioxidantes, a sesamina e a sesamolina, que podem melhorar as funções cardíacas, o sistema imune e até ajudar no emagrecimento.

Vamos lá:

sesamina-e-sesamolina2

1 – Funções cardíacas

A sesamina e a sesamolina podem ajudar a manter o sistema cardiovascular equilibrado e os níveis de colesterol baixos, reduzindo assim a chance de aterosclerose, que é o acúmulo de gordura nas artérias. Isso significa que, adicionando óleo de gergelim extraído a frio à sua dieta, você estará bem protegido de ataques cardíacos e derrames.

2 – Ação antioxidante

Essas substâncias protegem os tecidos do corpo impedindo a oxidação das gorduras nos vasos sanguíneos.  Quando isso acontece, esses vasos ficam endurecidos podendo causar aumento da pressão sanguínea e, consequentemente, aumentando o risco de derrames e infartos.

sesamina-e-sesamolina

3 – Melhora o sistema imune

A sesamina regula compostos conhecidos como eicosanoides, responsáveis por melhorar a imunidade do corpo. Além disso, a sesamina e a sesamolina também ajudam a controlar a quantidade de insulina e o nível de coagulação do sangue.

4 – Ajudam a queimar calorias

Os compostos sesamina e sesamolina aumentam a ação da vitamina E, responsável pela formação dos músculos. Por sua vez, os músculos melhoram o desempenho físico, fazendo com que você queime mais calorias durante a atividade física.

5 – Ajuda a queimar gordura

Estudos apontam que a sesamina, presente no óleo de gergelim extraído a frio, pode otimizar a capacidade do fígado em quebrar e queimar a gordura, diminuindo a capacidade do corpo de armazenar a mesma.

Estes são os benefícios apenas da sesamina e da sesamolina, mas o óleo de gergelim também contém vitamina E, vitamina K, fitoesterois, ômega 3 e 6, magnésio, cobre, cálcio, ferro, zinco, proteínas e vitamina B6.

sesamina-e-sesamolina3

Estas substâncias podem trazer inúmeros benefícios para sua saúde (além dos já listados acima): melhorar a saúde dos cabelos e da pele, contribuir para o crescimento ósseo, atuar no controle da ansiedade e da depressão, melhorar a saúde dental, prevenir o câncer, contribuir para o processo digestivo e reduzir inflamações.

Para obter todos estes benefícios, o óleo de gergelim deve ser obtido in natura ou prensado a frio, e é uma das opções mais saudáveis de óleo vegetal que existe!

Saiba mais sobre o óleo de gergelim aqui!

Gostou desse texto? Compartilhe com seus amigos e familiares, compartilhar saúde é Vital 🙂

Referências:
www.natureword.com
http://www.alkanater.com
www.rd.com/health

 

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Pai: você está participando do desenvolvimento do seu filho?

“Não basta ser pai, tem que participar”. Quem tem mais de 30 anos deve se lembrar de um comercial que mostrava pais e filhos vivendo experiências valiosas juntos.

Falamos disso pois no próximo dia 12 de agosto comemora-se do Dia dos Pais. É um bom momento para refletir um pouco sobre como você está se relacionando com seus filhos e mostrar como sua participação é fundamental para a formação deles!

Ômega 3: saiba porque ele é bom para o cérebro!

As estatísticas mostram que a longevidade está aumentando em todos os países do mundo. Esta é uma boa notícia, mas que traz uma preocupação: não adianta viver mais, é preciso também viver melhor.

Isso já é possível graças aos avanços da medicina e da mudança do estilo de vida dos idosos que estão mais conscientes da prática de exercícios físicos e de uma boa alimentação.

E com a idade, um dos principais cuidados deve ser com o cérebro, uma vez que existem várias doenças ligadas a idade, principalmente o Mal de Parkinson e o Alzheimer.