Óleo de gergelim, mais benefícios do que você imagina!

Share on facebook
Share on twitter

O óleo de sementes de gergelim tem sido utilizado para fins de cura há milhares de anos, tanto que é mencionado nos Vedas (uma grande obra de textos originários da antiga Índia) como sendo um excelente alimento para os seres humanos.

Os benefícios para a saúde de óleo de gergelim incluem: sua capacidade de melhorar a saúde dos cabelos e da pele, estimular um forte crescimento ósseo, reduzir a pressão arterial, melhorar a saúde do coração, controlar a ansiedade e depressão, melhorar a saúde dental, prevenir o câncer, melhorar o processo digestivo e reduzir a inflamação.

Produzido a partir da prensagem a frio das sementes, o óleo de gergelim  é um dos óleos vegetais menos conhecidos no Brasil, mas é na verdade uma das mais saudáveis ​​opções de óleo vegetal. Pode ser utilizado na suplementação natural e na culinária, onde é mais comumente usado em cozinhas asiáticas, incluindo a chinesa, japonesa e pratos do sudeste asiático, bem como na culinária do Oriente Médio.

O óleo de gergelim também é utilizado em práticas de massagem, devido aos seus benéficos e poderosos efeitos sobre o corpo e a pele. Tem uma ampla gama de benefícios para a saúde ligados a ele, o que torna o óleo de gergelim muito procurado também para a fabricação de vários produtos cosméticos.

Há uma quantidade impressionante de vitaminas, minerais, compostos orgânicos e outros componentes benéficos no óleo de gergelim, e por isso ele é considerado tão saudável! Conheça os benefícios que sua saúde pode experimentar quando você adiciona o óleo de gergelim à sua dieta:

A saúde da pele e cabelos

As sementes de gergelim contêm altos níveis de zinco, um componente vital na formação de colágeno, que fortalece o tecido muscular, cabelos e pele.  Além disso,  apresenta excelentes resultados em marcas de queimaduras cutâneas e também na redução dos sinais de envelhecimento precoce.

Ansiedade e a depressão

Tirosina é um aminoácido que é encontrado em quantidades relativamente elevadas no óleo de gergelim, e é ligada diretamente à atividade de liberação de serotonina no cérebro, o que pode ajudar a melhorar o humor, inundando o corpo com enzimas e hormônios que fazem você se sentir feliz. Ou seja, quando você está sofrendo de ansiedade ou depressão, o óleo de gergelim pode ajudar-lhe com um impulso positivo na direção certa e transformar o humor ao seu redor!

Inflamação

O cobre é uma substância anti-inflamatória natural, e os altos níveis desse mineral encontrados no óleo de gergelim, podem ajudar a reduzir a inflamação e desconforto de várias doenças, como a gota e artrite. Ele reduz o inchaço das articulações, fortalece os ossos e vasos sanguíneos, ajudando a mantê-los fortes e resistentes por muitos anos, sem sinais de dolorosas inflamações.

Crescimento Ósseo

Existem muitos minerais importantes encontrados no óleo de gergelim, em especial cobre, zinco e cálcio, minerais esses, essenciais para o crescimento ósseo. Ao manter uma dieta com um nível adequado de óleo de gergelim, você poderá aumentar a sua taxa de crescimento e desenvolvimento ósseo, assim como acelerar a cura e regeneração dos ossos.

Conforme você envelhece, o óleo de gergelim pode ajudar a evitar a osteoporose e várias outras deficiências relacionadas com a idade dos ossos.

Previne o câncer

As sementes de gergelim possuem não somente o fitato (diretamente ligado a redução do câncer) como também altos níveis de magnésio, que é um mineral essencial diretamente ligado as chances de reduzir o câncer colorretal. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition descobriu que o risco de tumores colorretais diminuiu 13% e o risco de câncer colorretal diminuiu 12% para cada 100 mg de magnésio tomadas.

Saúde Bucal

Um dos benefícios mais falados sobre o óleo de gergelim é a remoção de placa bacteriana e a manutenção da saúde oral. Existe uma prática chamada “oil pulling”, que se trata de um bochecho feito com uma colher de óleo de gergelim por 20 minutos, diariamente. Esta prática promete melhorar a saúde oral e até mesmo clarear os dentes. Um estudo apresentou resultados, onde  o bochecho com óleo de gergelim reduziu a quantidade de bactérias de estreptococos nos dentes, na saliva e diminuição da placa bacteriana.

Saúde do Coração

O óleo de gergelim, além de delicioso, é considerado super saudável pelo seu teor de ácidos graxos. O óleo de gergelim contém uma grande variedade de ácidos graxos poli-insaturados antioxidantes, incluindo sesamolina, sesamol e sesamina. Eles podem ajudar a manter o sistema cardiovascular equilibrado e os níveis de colesterol baixos. Estes ácidos graxos também podem ajudar a reduzir os níveis colesterol do corpo, reduzindo assim a aterosclerose. Isso significa que você estará bem protegido de ataques cardíacos e derrames se adicionar óleo de gergelim à sua dieta.

Vitamina E natural

O óleo de gergelim é uma das maiores fontes naturais de tocoferol, também conhecido como vitamina E. A vitamina E é mundialmente conhecida e consumida graças às suas poderosas propriedades antioxidantes, que possuem um papel fundamental na proteção do organismo contra os efeitos oxidativos prejudiciais encontrados no ambiente.

Uma consideração
Se estiver fazendo uso de anticoagulante ou medicamentos para afinar o sangue, fale com seu médico ou nutricionista antes de fazer o uso do óleo de gergelim, pois ele auxilia a reduzir a pressão arterial e a afinar o sangue, e o uso combinado com esses medicamentos poderia ser perigoso.

Caso contrário, desfrute do seu óleo de gergelim da maneira que preferir, seja na cozinha, em suplementos ou fazendo uso tópico. Seja saudável e feliz!

Continue acompanhando nossas mídias sociais, teremos novidades em breve!

6 comentários em “Óleo de gergelim, mais benefícios do que você imagina!”

  1. TENHO PROBLEMAS COM QUALQUER TIPO DE ÓLEO OU GORDURA, ESTAVA USANDO VIT. E FIQUEI MAL DO FIGADO. LI UMA MATÉRIA DIZENDO QUE A VIT. A e VIT. E DIFICULTAM O TRABALHO DO FIGADO. SERÁ QUE É VERDADE? PAREI DE TOMAR, MEU CABELO ESTÁ CAINDO MUITO.

    GRATA
    MARINILZXA

    • Olá Marinilza, tudo bem?

      Cada caso deve ser tratado individualmente. Aconselhamos que a senhora procure seu médico de confiança para que, através de exames específicos, ele possa descobrir o que realmente está fazendo mal ao seu organismo e ocasionando a queda de cabelo.

      Estimamos melhoras! Um abraço 🙂

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Como prevenir a queda de cabelos

Os cabelos são uma parte muito importante do nosso corpo. Eles protegem o couro cabeludo e estão diretamente ligados a autoestima, não só das mulheres, mas também dos homens que, cada vez mais, procuram tratamentos contra a calvície.

Cabelos bonitos podem deixar as pessoas mais seguras e confiantes e, por isso, quem sofre com quedas e falhas costuma sofrer bastante. Por isso trouxemos algumas orientações como alimentação e cuidados simples, para que você preserve seus fios e mantenha-os bonitos e saudáveis.

Cálcio e fósforo: saiba porque seu corpo precisa desses minerais

Os macrominerais são: cálcio, fósforo, potássio, enxofre, sódio, cloro e magnésio. Já os microminerais ou “oligoelementos” são: ferro, iodo, zinco, selênio, manganês, cobre, cobalto, molibdênio, cromo, flúor, silício, vanádio, níquel e estanho.

Entre esses minerais, o cálcio é o que existe em maior quantidade no organismo, seguido pelo fósforo.

Grande parte de nosso peso corporal deve-se ao cálcio e 99% dele está nos nossos ossos e dentes, enquanto a parte restante é distribuída nos tecidos e sangue. Interessante, né?

Prevenção das doenças cerebrais

As doenças cerebrais estão entre as enfermidades do corpo mais incapacitantes e temidas pelas pessoas, porque danificam as funções cerebrais responsáveis, pela atividades motoras, sensitivas, fala, audição, visão, olfato, tato, raciocínio, julgamento, pensamento, comportamento e sentimento. As doenças cerebrais promovem a interrupção das conexões mente-corpo. Desencadeia muito sofrimento, perdas, dor, incapacidade física, psíquica, gera transtornos temporários ou definitivos. Por isto, é prudente as pessoas tomarem consciência, das possíveis causas das doenças cerebrais, e atuar sempre de modo preventivo.