Os 3 principais benefícios do azeite de oliva.

Share on facebook
Share on twitter
azeite

Há quem recuse um prato de salada quando não encontra aquele vidrinho de azeite de oliva sobre a mesa. Afinal, ele pode deixar tudo mais gostoso e, para alguns, é presença obrigatória em qualquer refeição do dia.

O azeite é um dos produtos alimentícios mais clássicos da culinária contemporânea e está presente em grande parte das cozinhas. Utilizado como tempero, ele é produzido a partir da azeitona, fruto que vem das oliveiras. Além de trazer ótimos benefícios para a saúde, esse óleo vegetal acrescenta sabor e aroma especial aos alimentos. (1)

No texto de hoje, vamos apresentar os 4 principais benefícios do azeite de oliva e, ainda, te ajudar a escolher um bom azeite para aprimorar suas refeições. Vamos lá?

As propriedades do azeite de oliva

O azeite de oliva é rico em ácidos graxos monoinsaturados, como o ácido oleico (que agrega maior estabilidade ao produto), e baixo em saturados, atribuindo a possibilidade de ajudar na redução do “colesterol ruim” no sangue, sem afetar o nível de “colesterol bom”. Essa função permite o equilíbrio entre os dois tipos de colesterol circulantes em nosso corpo. (2,3)

A composição química do azeite favorece a excreção de toxinas e a saúde das células. Além disso, os esteróis presentes nesse produto também podem auxiliar na prevenção do câncer de próstata, cólon e mama. (2)

Um outro ponto a ser destacado é que os compostos fenólicos do azeite têm mostrado quantidades elevadas de antioxidantes, que agem contra os radicais livres e atuam na proteção do nosso organismo. Além de ajudarem no controle do colesterol, os antioxidantes também agem nos índices de glicose e pressão arterial, sem contar os menores riscos para a obesidade e declínio cognitivo. (2,4)

O que torna um azeite “extravirgem”?

Provavelmente, você já deve ter escutado essa classificação por aí e ficou sem saber o que ela representa. Vamos explicar: segundo a legislação, para que um azeite de oliva seja considerado “extravirgem”, ele deve conter entre 55% e 83% de ácido oleico entre os ácidos graxos e apresentar acidez abaixo dos 0,8%. Tais características fazem com que ele forneça uma maior resistência à degradação durante o tempo de prateleira e no uso em condições mais intensas, como é o caso de frituras. (3)

O azeite de oliva extravirgem é obtido da azeitona através de meios mecânicos, sem nenhum outro tipo de tratamento. Na época certa, o fruto é colhido e, no menor tempo possível, é lavado e prensado, para que possa seguir com os processos de filtração, decantação ou centrifugação. Esse método garante que certas substâncias, como os compostos fenólicos, permaneçam no produto final, sem perder os elementos que são benéficos à saúde. (3)

azeite

Descubra quais são os 3 principais benefícios do azeite de oliva

1 – Pode ajudar a evitar doenças cardíacas:

Justamente por ser rico em ácidos graxos insaturados, o azeite de oliva favorece a saúde cardiovascular, pois os ácidos influenciam na quantidade e no tamanho das partículas de colesterol, como o LDL (ou lipoproteína de baixa densidade), que tem a função de carregar 2/3 do colesterol no sangue. Em excesso, ele se fixa na parede das artérias e pode causar placas gorduras, levando a obstrução da circulação e infarto. Então, os compostos fenólicos presentes no azeite de oliva funcionam como antioxidantes e impedem que o LDL seja oxidado, evitando o acréscimo na circulação sanguínea. (5)

2 – Prevenir doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer:

O consumo regular de azeite extra virgem pode ajudar a proteger o cérebro contra doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer, ao promover a eliminação de substâncias prejudiciais ao cérebro, além de preservar a memória e a habilidade de aprendizado à medida que envelhecemos. O azeite pode reduzir a inflamação cerebral e ativar o processo de autofagia, em que as células se desintegram e eliminam do corpo os detritos tóxicos. (6)

3 – Melhorar a saúde óssea:

As propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias do azeite podem agir contra a osteoporose. Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Goiás (UFG) com 111 voluntários apontou que incluir o óleo vegetal na dieta pode surtir efeitos positivos na saúde óssea de adultos que estão bem acima do peso e sofrem com obesidade grave. A opção extravirgem foi a mais indicada. (7)

A relação do azeite com a dieta mediterrânea

O azeite de oliva é o componente central da dieta mediterrânea,  que está associada à longevidade e uma vida mais saudável. Essa dieta inclui vegetais em abundância, frutas frescas, cereais integrais, azeite de oliva e nozes, além de frango e peixe – no lugar de carne vermelha ou gordura animal. (6,9,10)

A dieta mediterrânea é famosa por apresentar uma menor incidência de doença cardíaca coronária e esse fato se deve, principalmente, ao teor elevado de ácido oleico, presente no azeite de oliva. Essa dieta tem sido associada a vários benefícios de saúde, incluindo um menor risco de derrame, câncer de mama e de pulmão e de alguns tipos de demência. (1,9)

Agora que você já descobriu quais são os principais benefícios do azeite, confira algumas dicas para usufruí-lo da melhor forma no seu dia a dia.

azeite

Como escolher e aproveitar um bom azeite?

  • Para reconhecer um bom azeite, prefira embalagens em vidro e escuras, pois elas evitam que o produto sofra uma oxidação pelo menor contato com a luz; (11)
  • Observar as informações contidas nos rótulos é importante para evitar confusões quanto a natureza do produto. Ao verificar a data de fabricação, opte por aqueles que são mais novos, pois as chances de as propriedades benéficas serem mantidas são maiores; (11)
  • Preferir as versões envasadas e produzidas no Brasil, uma vez que azeites importados podem apresentar menos propriedades positivas ao ficarem expostos ao calor muito tempo ou serem de safras mais antigas; (11)
  • Conferir a acidez do azeite também é essencial. Como você já sabe, o extravirgem, apresenta acidez de até 0,8%. Quando passa esse valor e chega até 2%, a classificação já muda para azeite de oliva virgem. Se encontrar aqueles com mais de 2%, são chamados de lampantes, que passam por processos de refinamento, não sendo uma boa opção para consumo. (11)
  • Para incluir o azeite no dia a dia, saiba que ele tem potencial para ir além da hora da salada. Uma forma interessante é substituir a manteiga ou margarina pelo azeite, aplicando em pães e torradas. Você também pode adicioná-lo no arroz, feijão, patês, pizzas, purês ou em legumes cozidos. Divirta-se na cozinha! (8)

Por fim, concluímos que os benefícios do azeite de oliva para a saúde resultam de seus compostos ativos, tornando esse óleo vegetal um parceiro legítimo para uma qualidade de vida melhor. Se puder, opte pela versão extravirgem e receba uma maior porção de benefícios para seu organismo.

Fontes:
  1. O AZEITE e seus benefícios para a saúde. Aditivos & Ingredientes, p. 48-57. Disponível em: <https://aditivosingredientes.com/upload_arquivos/201604/2016040497130001460593349.pdf>. Acesso em 25 abr. 2022.
  2. ALMEIDA, Carlos Alberto Nogueira de. Azeite de oliva e suas propriedades em preparações quentes: revisão da literatura. International Journal of Nutrology, v.8, n.2, p. 13-20, 2015. Disponível em: <https://www.researchgate.net/publication/339335217_Azeite_de_Oliva_e_suas_propriedades_em_preparacoes_quentes_revisao_da_literatura>. Acesso em 25 abr. 2022.
  3. NETTO, Carmo Gallo. Méritos para o feito em casa. Jornal da Unicamp, 2014. Disponível em: <https://www.unicamp.br/unicamp/sites/default/files/jornal/paginas/ju_594_paginacor_09_web.pdf>. Acesso em 25 abr. 2022.
  4. NATACCI, Lara. Na cozinha com os óleos vegetais. Veja Saúde, 2021. Disponível em: <https://saude.abril.com.br/coluna/alimente-se/na-cozinha-com-os-oleos-vegetais/>. Acesso em 25 abr. 2022.
  5. OLIVEIRA, Fábio de. Como o azeite de oliva pode ajudar a evitar doenças cardíacas. Veja Saúde, 2020. Disponível em: <https://saude.abril.com.br/alimentacao/como-o-azeite-de-oliva-pode-ajudar-a-evitar-doencas-cardiacas/>. Acesso em 25 abr. 2022.
  6. ENTENDA como o azeite de oliva extravirgem previne o Alzheimer. Veja, 2017. Disponível em: <https://veja.abril.com.br/saude/entenda-como-o-azeite-de-oliva-extravirgem-previne-o-alzheimer/>. Acesso em 25 abr. 2022.
  7. MANARINI, Thaís. Azeite contra a osteoporose. Veja Saúde, 2020. Disponível em: <https://saude.abril.com.br/alimentacao/azeite-contra-a-osteoporose/>. Acesso em 25 abr. 2022.
  8. MANARINI, Thaís. Azeite de oliva para queimar gordura corporal. Veja Saúde, 2017. Disponível em: <https://saude.abril.com.br/alimentacao/azeite-de-oliva-para-queimar-gordura-corporal/>. Acesso em 25 abr. 2022.
  9. AZEITE de oliva extra-virgem tem ação de analgésico. BBC Brasil. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/reporterbbc/story/2005/09/050901_azeiterw#:~:text=%E2%80%9CA%20dieta%20mediterr%C3%A2nea%2C%20da%20qual,%2C%20co%2Dautor%20do%20estudo>. Acesso em 25 abr. 2022.
  10. ROBERTS, Michelle. Combinação de azeite e salada é ‘segredo’ da dieta mediterrânea. BBC News Brasil, 2014. Disponível em: <https://www.bbc.com/portuguese/noticias/2014/05/140520_dieta_mediterranea_pai>. Acesso em 25 abr. 2022.
  11. ROSA, Suélen Ramon. Como escolher o azeite de oliva extra virgem. Laranja na Colher / UFRGS, 2020. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/laranjanacolher/2020/07/06/como-escolher-o-azeite-de-oliva-estra-virgem/>. Acesso em 25 abr. 2022.

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Aproveite os benefícios de ficar ao ar livre mesmo em dias frios

Você é daquelas pessoas que quanto mais o tempo esfria, mais quer ficar em casa? A maioria é assim: prefere ficar no aconchego do lar quentinho, tomando sopas, chocolate quente e vendo filme. Não tem nada de mal nisso, mas vamos te fazer uma proposta: mesmo em dias frios, que tal sair mais de casa?

O impacto da arte na saúde

Fonte: mdemulher.abril.com.br O Conselho de Artes da Inglaterra lançou faz pouco tempo um documento enumerando as vantagens de incentivar atividades culturais para a sociedade como um