Saude do Homem

Conheça 6 suplementos importantes para a saúde do homem

Há quem pense que a suplementação com foco na saúde e prevenção de doenças é algo mais voltado para o público feminino. Porém, neste texto, vamos mostrar que, assim como elas, os homens também podem se beneficiar (e muito) com o uso de suplementos como o ômega 3, vitaminas e outros. Quando abordamos o tema suplementação com foco nos homens, pode ser que o que vem à cabeça são os suplementos com foco em performance nos esportes e academia. Mas, aqui, vamos além desse tópico: mostraremos alguns nutrientes importantes para a saúde deles e quais são os seus principais benefícios. Quais suplementos são importantes? Ômega 3: O ômega 3 é um ácido graxo essencial que não é produzido pelo corpo humano. Por esse motivo,  é necessário procurar uma fonte para obter esse nutriente. Ele é ótimo aliado para o coração. Isso porque, segundo estudos,  o ômega 3 reduz o risco de problemas cardiovasculares. E tem mais. Recentemente, pesquisas mostraram que o óleo é benéfico para o cérebro, evitando doenças neurológicas e psiquiátricas. Quem tem interesse em consumir ômega 3 pode fazer isso por meio da alimentação, ingerindo sardinha, atum e salmão, ou em forma de vegetais, oleaginosas ou sementes, como a linhaça. Também existe a possibilidade de consumir o ômega 3 por meio de cápsulas. (1,2,3) Vitamina D: Quando falamos sobre vitamina D, logo pensando no sol, correto? E não é à toa! Essa vitamina é obtida por meio da exposição solar. Um de seus benefícios mais conhecidos é, sem dúvida, o auxílio na absorção

LER MAIS
Pandemia

O que o mundo pode aprender com a pandemia do coronavírus?

O ano era 2020 e estava apenas no começo quando o mundo se deparou com uma notícia alarmante, mas em uma localidade tão distante que era quase impossível imaginar que, em pouco tempo, seria uma realidade para o planeta inteiro lidar simultaneamente: uma pandemia global! Já se torna um desafio lembrar como era a nossa vida pré-COVID 19, não é mesmo? Pessoas sem máscaras conversando e se abraçando despreocupadas; bares e restaurantes cheios; festas de formatura, aniversário e casamento; viagens a turismo; eventos para plateias lotadas; uma simples ida despretensiosa ao mercado; enfim, a liberdade… Que saudade! Ainda vivemos esses momentos difíceis e pesados e, infelizmente, não tem data marcada para virarmos essa página. Porém, já é possível visualizar uma saída disso tudo, certo? Há mais de 11 meses convivendo com um vírus microscópico rondando nossas cabeças, será que já foi possível tirar lições para levarmos para nossas vidas no futuro? Quer ver que sim?! Vulnerabilidade Vidas planejadas, agendas lotadas, metas para bater, sonhos para concretizar e planos, muitos planos! Aquela sensação de estar no controle da situação foi invadida pela incerteza do amanhã e a vida foi pausada “sem mais nem menos”. Perceber que podemos ser pegos de surpresa deixa claro que o controle é uma ilusão e que a vulnerabilidade é uma realidade. O coronavírus arrebatou nossas certezas e a ideia de estabilidade, colocando nossos nervos à flor da pele. Mas não tínhamos escolha: não aceitar o que está acontecendo é quase que viver em uma realidade paralela. Abraçar e acolher a nossa

LER MAIS
Produtos Amigos do Planeta

Produtos Sustentáveis: como fazer as escolhas certas?

O meio ambiente grita por socorro e não é de hoje que falamos sobre isso. Nós, seres humanos, exploramos e extraímos as riquezas naturais do planeta por muitos e muitos anos e, cada vez mais, podemos perceber que a conta está chegando. Muitas pessoas, empresas e organizações estão conscientes disso e, como consequência, vemos mais e mais marcas e negócios que tem a proteção e a preservação do meio ambiente como uma das bases do seu propósito. Além disso, a tendência, de acordo com um estudo realizado pela First Insight, mostrou que consumidores da geração Z (com idade de até 22 anos) estão mais dispostos a pagar mais para comprar de marcas sustentáveis. (1) Com esse dado, podemos perceber que, felizmente, os mais jovens e os consumidores do futuro já têm ciência da importância das suas escolhas e o quanto elas podem impactar no planeta. Neste texto, falaremos sobre tópicos importantes que devem ser analisados ao procurar por marcas e produtos amigos do planeta. Vamos lá?  Greenwashing: cuidado com os falsos benefícios ambientais Produtos sustentáveis, além de serem amigos do meio ambiente, também são lucrativos e melhoram a reputação das marcas. Visando isso, muitas empresas mascaram seus rótulos induzindo o cliente de maneira enganosa. Essa péssima prática é conhecida como greenwashing.(2) Como identificar e não ser vítima das armadilhas existentes nesse mercado?  Existem alguns pontos a serem observados que podem te auxiliar a identificar quando um produto que parece ser amigo do planeta, na verdade, não é tão amigo assim. Existem empresas que camuflam alguns

LER MAIS
Vitamina C

Vitamina C: saiba a importância para adultos e crianças

A vitamina C, além de ser fundamental para o nosso organismo, é um antioxidante capaz de auxiliar na proteção do corpo contra os radicais livres, que é o benefício pela qual é mais conhecida. Mas ela possui outras inúmeras e importantes funções no nosso corpo. (1) Ela é indispensável desde a nossa infância, sabia? Nesse texto, vamos te explicar o porquê disso e onde você pode encontrá-la para que nunca falte na sua vida! O que é a vitamina C? Com certeza, uma das, se não a mais famosa de todas as vitaminas! Ela não é produzida pelo nosso organismo, por isso, precisamos obtê-la através da alimentação. (2) Veja alguns dos alimentos ricos em vitamina C: Frutas cítricas, como laranja e limão, e vermelhas, como morangos e acerolas; (2) Repolhos; (1) Tomates; (1) Brócolis; (1) Batatas; (1) Pimentões.(1) Como falamos lá no comecinho do texto, ela tem função antioxidante e, por isso, pode diminuir certos tipos de câncer, cataratas e até doenças do coração. (2) Ela também é responsável por fortalecer o sistema imunológico contra infecções – como o resfriado -, auxiliar na absorção e no armazenamento de ferro no organismo, na manutenção dos vasos sanguíneos e na reparação dos tecidos do corpo. (1,3) A vitamina C é tão importante que, quando ela está em falta no corpo, pode acarretar anemias, hematomas, má cicatrização e sangramentos gengivais. Além disso, também pode fazer com que doenças, como escorbuto e a Doença de Barlow (em crianças), se manifestem. (1,2,3) E os benefícios não param por aqui, quer

LER MAIS
Vitamina D

Vitamina D: benefícios para todas as etapas da vida

A vitamina D, muito conhecida por ser obtida por meio da exposição solar, quando insuficiente no nosso organismo, pode resultar em graves problemas de saúde. Por isso, ela é essencial na nossa vida desde a infância! Neste texto, vamos explicar a importância e os benefícios da vitamina D, se ela só é obtida pelo sol e porque devemos observá-la com tanta atenção. O que é a vitamina D? Tendo a exposição solar como sua principal fonte de produção, a vitamina D é uma importante reguladora do metabolismo ósseo e, segundo estudos, ela também pode influenciar positivamente no sistema imunológico(logo explicaremos o porquê). (1) Além da exposição solar, podemos obtê-la por meio da alimentação. Alguns peixes, como sardinha, atum, salmão e cavala, também são fontes dessa vitamina. É possível também consumir alguns alimentos enriquecidos com vitamina D, como margarina, cereais ou sucos, mas a concentração de vitamina que eles possuem é insuficiente para o nosso organismo. (1,2) A insuficiência da vitamina D pode estar ligada ao aparecimento de doenças como: esclerose múltipla;(1) lúpus;(1) diabetes mellitus insulinodependente;(1) artrite reumatoide;(1) doença inflamatória intestinal;(1) doenças cardiovasculares; (2) complicações durante gestação;(2) alguns tipos de câncer;(2) depressão. (2) Vitamina D, cálcio e fósforo: entenda a relação Uma das principais funções da a vitamina D é manter as concentrações de cálcio e fósforo adequadas, para assegurar diversas funções metabólicas. Entre essas funções metabólicas está a mineralização óssea, que está ligada ao desenvolvimento esquelético. Sendo assim, a vitamina D se torna essencial durante a infância e a adolescência. É importante lembrar que, quando

LER MAIS
Autocuidado e autoestima

Autocuidado e autoestima: como colocar em prática

“Baixa autoestima é como dirigir pela vida com o freio de mão puxado”. – Maxwell Malts A maneira como nos percebemos e como nos enxergamos reflete em todas as esferas da nossa vida. Ao cuidar mais de si, é possível experimentar uma sensação de felicidade e plenitude. Autocuidado é dar mais atenção às suas necessidades, saúde, pensamentos, desejos e emoções. É um processo, um aprendizado. Se cuidar também é buscar ajuda quando necessário, estabelecer limites e saber dizer não se preciso for. (1)Ter autoestima é essencial para confiar mais em suas decisões e, para isso, é preciso praticar o autoconhecimento, reconhecendo suas qualidades e, também, seus pontos fracos. Desse jeito, será mais fácil encarar todos os obstáculos do cotidiano com a certeza de que é possível lidar com eles de uma maneira muito melhor e mais saudável. (2) Ao se conhecer mais, você expande seu potencial e supera as crenças que te limitam, que te fazem pensar que não é capaz ou merecedor de tudo aquilo que deseja. E fique tranquilo, pois cuidar de você não é ser egoísta, é praticar o amor próprio!(2) Mas praticar o autocuidado e melhorar a autoestima não é tão fácil e simples assim. Requer comprometimento, força de vontade e enfrentamento. Por isso, a partir de agora, vamos te ajudar a pensar como incluir essas duas palavras quase mágicas no seu dia a dia, sem receitas mirabolantes, mas, sim, a partir de mudanças justas e possíveis!  01: Quem é você? Para saber onde quer chegar ou quais mudanças deseja realizar

LER MAIS
IMAGEM ILUSTRATIVA

Alimentos e hábitos saudáveis que contribuem para a perda de peso

Cada vez mais abordado na mídia, o assunto alimentação, saúde e perda de peso exige um pouco mais de compreensão e conhecimentos para que as pessoas não acreditem em tudo o que veem por aí. Dietas mirabolantes e alimentos milagrosos aparecem com frequência prometendo resultados visíveis e rápidos. Induzidas por modismos e padrões, muitas pessoas, ao seguirem essas promessas colocam sua saúde em risco. Visto tudo isso, nesta publicação, vamos abordar mitos e verdades sobre os alimentos que, de fato, podem contribuir para uma perda de peso saudável. Antes de mais nada… É imprescindível dizer que, para fazer qualquer mudança ou adotar alguma dieta, é essencial que tenha o acompanhamento de profissionais dessa área. Cada indivíduo possui um organismo e a alimentação deve ser definida de acordo com suas individualidades. Não existe um alimento que será responsável por atingir os seus objetivos! Existem alimentos que apresentam excelentes propriedades e que contribuem para a promoção da saúde, porém, nenhum deles sozinho é capaz de fornecer tudo o que necessitamos para uma vida saudável e, mais que isso, nenhum alimento por si só é capaz de nos fazer emagrecer. (1) A chave para ser mais saudável e conseguir perder pesoestá em uma alimentação variada, baseada em alimentos in natura e minimamente processados, tendo em vista a quantidade, qualidade e a distribuição desses alimentos durante o dia. (1) Por que as dietas da moda não funcionam a longo prazo? Porque, por constituírem padrões de comportamento alimentar não usuais adotados entusiasticamente, a adesão tende a ser temporária, resultando no

LER MAIS
Consumo Consciente

8 dicas para adotar um consumo mais consciente e sustentável

Será que é possível viver e ser mais feliz com menos e ser mais desapegado dos bens materiais? Não só acreditamos que sim, como também incentivamos uma reflexão sobre a maneira que nos relacionamos com as coisas e como escolhemos o que ter e consumir nessa vida. Ser mais consciente sobre o que realmente importa é necessário, pode resultar em mais qualidade de vida e, ainda, contribuir para um mundo mais saudável e sustentável para todos! É preciso buscar a harmonia entre a satisfação, preservação do meio ambiente e o bem-estar social! (1) Ações individuais refletem na coletividade e, por isso, fazer boas escolhas é olhar para si e para o outro. Se não mudarmos nossos comportamentos em relação ao consumo, futuras gerações sofrerão com a escassez. (1) Consumir de maneira consciente coloca em cima da mesa fatores além do preço e da marca. É preciso levar em consideração o meio ambiente, a saúde humana e animal e as relações justas de trabalho. (2) Uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e do portal de Educação Financeira “Meu Bolso Feliz” apontou que 17% das pessoas não sabem “muito bem o que fazer” para praticar o consumo consciente. (2) Levando em conta esse dado e a necessidade quase que urgente de uma mudança significativa da nossa relação com o consumo, separamos algumas dicas que podem nos tornar mais conscientes na hora de consumir! Veja: 01: Pensar antes de comprar e escolher bem a empresa de onde vai comprar. Realmente é preciso adquirir

LER MAIS
Oleaginosas: quais escolher para mais qualidade de vida e longevidade?

Oleaginosas: qual sua escolha para mais qualidade de vida?

É incontestável que, com o passar dos anos, muita gente começou a aderir a hábitos de vida saudáveis, como exercícios físicos e uma boa alimentação. E por falar em alimentação, estudos comprovaram que consumir oleaginosas melhora a qualidade de vida e a longevidade, e é sobre isso que falaremos nesse texto. Oleaginosas: um bem necessário Uma busca incansável por estratégias que visam o tratamento e a prevenção de doenças crônicas não transmissíveis – até mesmo a síndrome metabólica e a obesidade – tem feito com que pesquisadores avaliem o efeito da ingestão de alimentos específicos no controle metabólico e no peso corporal. (1) Os estudos levam a crer que, quando as oleaginosas são incluídas na dieta, elas conseguem contribuir para uma melhora no perfil lipídico e de antioxidantes, como resultado, melhora também o perfil lipídico sanguíneo e os marcadores de estresse oxidativo e de inflamação. (1) Ainda segundo estudos, se uma pessoa comer cerca de 30 gramas por dia de oleaginosas, as chances de uma mortalidade precoce são reduzidas em até 22%. Esse efeito positivo foi demonstrado em diversas doenças, de câncer a problemas cardíacos.(2) Quais oleaginosas consumir? Listamos aqui alguns exemplos: (2) – Pistache; – Avelã; – Castanha de caju; – Castanha-do-pará; – Noz; – Amendoim; – Amêndoa; – Macadâmia. A mortalidade em decorrência por diversos problemas, como derrame, diabetes, Alzheimer, doenças cardiovasculares e respiratórias, infecções, câncer e até problemas renais pode ser diminuída com a inclusão de algumas dessas oleaginosas na dieta.  .(2) E como as oleaginosas podem nos ajudar? Simples! As oleaginosas

LER MAIS
Conheça 8 alimentos ótimos para a memória e a saúde do cérebro

Memória e saúde do cérebro: conheça oito alimentos benéficos

Você sabia que a nossa alimentação também pode afetar a memória? Uma dieta pobre em vitaminas e nutrientes pode prejudicar a saúde do cérebro e, consequentemente, a memória. Nesse texto, falaremos um pouco sobre isso, além de apresentar alimentos que podem melhorar a memória e a saúde cerebral. A saúde do cérebro começa no prato Ter uma dieta rica em magnésio, ômega-3, zinco, vitaminas B1 e B6 e colina auxilia na saúde do cérebro. E sabe o que é positivo? Podemos consumir tudo isso apenas com alimentação. Alimentos que já fazem parte do nosso dia a dia, como folhas verde-escuras, feijão e carne são grandes aliados quando se trata de fortalecimento de neurônios e prevenção do mal de Alzheimer. (1) Vale lembrar que, da mesma forma que uma alimentação saudável pode auxiliar na saúde, uma má alimentação pode prejudicar o funcionamento cerebral. Os alimentos que podem fazer mal são: embutidos, enlatados, ultra processados, refrigerantes, frituras e doces. O que acontece é que, ao incluí-los na dieta, acabamos deixando de ingerir os alimentos saudáveis, perdendo, assim, substâncias importantes para o bom funcionamento do nosso cérebro. (1) Mas afinal, quais são os alimentos que podem auxiliar na memória e na saúde do cérebro? 1 – Peixe Sardinha, salmão, atum, cavalinha e arenque. Esses são os peixes que precisam ser incluídos na dieta. Isso porque eles são ricos em ômega-3, responsável por fazer a conexão entre os neurônios, contribuindo para a plasticidade sináptica. (2) Fora isso, o peixe pode proteger o cérebro contra doenças neurodegenerativas e ajudar a

LER MAIS
Glutamina e seus benefícios para saúde.

Glutamina e seus benefícios para saúde.

A glutamina é um aminoácido considerado parcialmente essencial que  age na renovação das células, auxilia na imunidade é uma ótima aliada à saúde gastrointestinal. Leia mais para conhecer seus benefícios. O que são aminoácidos? Antes de falarmos sobre a glutamina, precisamos entender melhor o que são os aminoácidos essenciais e os não-essenciais. Os aminoácidos são nutrientes que se juntam para formar proteínas. Eles são responsáveis por ajudar nosso corpo a realizar funções vitais, como se desenvolver, reparar tecidos, melhorar a saúde do sistema cardíaco e a função neurológica, entre outros. (1) Aminoácidos essenciais são aqueles que não produzimos em nosso corpo, mas que podemos obter por meio de alimentos. Aminoácidos não-essenciais são aqueles que conseguimos por meio do consumo de outros aminoácidos sem ser necessário que sejam obtidos por meio da alimentação. (1) O que é a glutamina? A glutamina é um aminoácido não-essencial que age na renovação das células e auxilia na imunidade do organismo. (1,2) Porém, a classificação da glutamina como um aminoácido não essencial tem sido questionada, pois, em algumas situações críticas, como cirurgias, traumas e exercícios físicos exaustivos, a produção de glutamina não supre a demanda exigida pelo organismo, fazendo com que seja necessária uma complementação com ingestão dietética. Ela também é o aminoácido de maior quantidade no plasma e no músculo esquelético, podendo ser usada para sintetizar outras proteínas, aminoácidos, moléculas biológicas e nucleotídeos. (3) A glutamina pode ser uma importante aliada para a saúde intestinal – especialmente em casos de esofagite, gastrite, doença de Chron, síndrome do intestino irritável,

LER MAIS
Conheça 8 benefícios incríveis da spirulina para a saúde

Spirulina: conheça 8 benefícios incríveis para a saúde

Já ouviu falar em spirulina? O nome é complicado, mas os benefícios desse alimento são inúmeros, desde prevenir algumas doenças até ajudar no emagrecimento. Apesar de ser conhecida como alga azul, ela é, na verdade, uma cianobactéria. Nesse texto, falaremos um pouco mais sobre ela e vamos entender porque ela foi eleita pela OMS como o alimento do milênio. Spirulina: o que é e qual a sua composição? Como dissemos acima, a spirulina já foi considerada uma alga, mas notou-se que ela não tem nenhuma relação filogenética com esse grupo. Hoje em dia, já se sabe que ela, na verdade, é uma cianobactéria, que são organismos procariotos fotossintetizantes. (1) Um grande número de compostos que fazem parte das cianobactérias tem um valor comercial alto. Isso acontece porque esses compostos são usados para diversos fins e atividades, como: biopigmentos e antioxidantes, fármacos, exopolissacarídeos, marcadores fluorescentes, enzimas e outros nutrientes, como proteínas e vitaminas, e alguns minerais, carboidratos e lipídios. (1) A spirulina é uma fonte rica em proteínas (cerca de 70% da sua composição) e, por isso, é uma ótima opção para quem tem uma dieta restrita quando se trata de produtos de origem animal. (1,2) Fora a proteína, ela é composta por antioxidantes que auxiliam no combate aos radicais livres, também possui vitaminas como B1, A e E, além de minerais como magnésio, betacaroteno, manganês e ferro – esses minerais são encontrados em menos quantidade em legumes e frutas. (2) – Combate à anemia: Segundo estudos, os pacientes que incluíram spirulina na dieta tiveram um

LER MAIS