receita

COZINHA VITAL – Peixe Segundas Intenções

Rendimento: 4 filés de peixe Ingredientes: 4 filés de saint peter (ou pescadinha, ou tilápia ou merluza) Sal a gosto Pimenta do reino a gosto 1 limão (metade para temperar e metade para o molho) 8 colheres (sopa) de gergelim (utilize preto e branco) 2 colheres (sopa) de Óleo de Gergelim Preparo: – Temperar com peixe com sal, limão, pimenta do reino e “empanar” no gergelim. Colocar o peixe na assadeira untada com um fio do óleo no forno quente para assar por cerca de 10 minutos. – Enquanto o peixe assa, prepare o molho: misture o suco do limão com o sal e depois acrescente o  Óleo de Gergelim, mexa bem e pronto. Quando o peixe ficar no ponto (cozido, mas atenção- não deixe ressecar), regue com molho o e sirva imediatamente. Dica: essa receita tem esse título curioso porque o gergelim além de ser digestivo, leve, rico em cálcio, estudos sugerem que ele possa reduzir o risco de câncer de mama e de próstata e também aumentar os níveis de testosterona, assim como a linhaça. Portanto, o gergelim pode ter um poder afrodisíaco e repleto de segundas intenções e, além de tudo, absolutamente delicioso!

LER MAIS

COZINHA VITAL – Arroz Woodstock

Rendimento: 06 porções Ingredientes: 1 xícara de arroz integral 3 xícaras de água quente 1 cebola picada 1 cenoura em cubos 10 vagens picadas 1 espiga de milho (retirar os grãos) ½ xícara de uva passa (opcional) 5 colheres (sopa) de azeitona verde Salsinha picada 3 colheres (sopa) de Óleo de Linhaça Dourada com Cúrcuma Preparo: – O segredo do arroz integral é tostar o grão (sem óleo) na panela quente até fazer um cheiro como se fosse “pipoca”. A partir de então, acrescentar a água quente e colocar para cozinhar (sem sal). Cozinhe em fogo baixo. Reserve. – Enquanto o arroz cozinha, preparar o refogado: a cebola em cubinhos em uma colher de sopa do Óleo de Linhaça Dourada com Cúrcuma. Colocar as cenouras e as vagens e quando elas ficarem macias misturar o milho. Acrescentar um pouco de água se necessário. Cozinhe até ficar macio. Ou se preferir, cozinhe tudo no vapor. – Quando o arroz estiver pronto, acrescentar o refogado, a azeitona, a uva passa a salsinha. Por último, colocar o restante do Óleo de Linhaça Dourada com Cúrcuma. Pronto! – Quem preferir, preparar na panela de pressão: utilize 2 ½ xícaras de água quente e quando começar a pressão contar 15 minutos e depois esperar a pressão terminar naturalmente. Pronto! Dica: Integral vem de íntegro, de inteiro, trabalha com valores como a pureza, honestidade, e ética. Quando comemos um produto refinado, é como se estivéssemos comendo um produto mentiroso ou no mínimo, questionável para a nossa saúde. Pense nisso! O arroz integral é

LER MAIS

COZINHA VITAL – Risoto Salvere

Rendimento: 02 a 03 porções Ingredientes: 1 colher (sopa) de manteiga 1 xícara de arroz arbóreo 3 dentes de alho picados 1 cebola picada Sal Caldo de manjericão (3 ou mais xícaras de água e folhas de manjericão- ferver) 1 xícara (chá) de tomate cereja (preferir orgânico) (pode variar com outros legumes) 1 limão Pimenta biquinho a gosto 3 colheres (sopa) de semente de girassol Cebolinha a gosto Folhas de manjericão para decorar 2 colheres (sopa) de Óleo de Girassol com Sálvia Preparo: Em uma panela de ferro, barro ou para risoto: acrescentar a manteiga e o arroz arbório. Vá mexendo o arroz e acrescentando aos poucos o caldo de manjericão. Quando o arroz estiver “al dente” acrescentar o tomate cereja. Quando o arroz estiver no ponto (al dente e cremoso) desligar do fogo e acrescentar o limão espremido, a semente de girassol, e regar com o Óleo de Girassol com Sálvia. Decorar com folhas de manjericão, a pimenta biquinho e uma rodela do limão. Sirva imediatamente. Bom apetite!  Dica: a sálvia tem origem na palavra latina salvere, que significa estar de boa saúde, curar. Essa erva faz parte da composição do vaso de 7 ervas- que é conhecido principalmente como  proteção. Ajuda a fazer a digestão, diminuir o suor excessivo, combater a diarreia e restaurar a energia. O chá é bom para gengivas inflamadas, aftas, dores de garganta e problemas de mucosas, além de aliviar diabetes e sintomas de menopausa. Essa receita é excelente para fazer para o seu amor, seus amigos –combina poderosos nutrientes-

LER MAIS

COZINHA VITAL – Suchá do Pensar

Rendimento: 01 porção Ingredientes: 1 colher de semente de erva doce 1 copo de água 1 maçã 1 fatia de gengibre 1 colher (sobremesa) de Óleo de Pepitas de Girassol. 1 cenoura pequena Preparo: – Fazer a infusão com a erva doce, coar e reservar até o chá ficar frio. – Bater no liquidificador: o chá, a maçã, o gengibre e o Óleo de Pepitas de Girassol. – Decore com uma fatia de cenoura na borda do copo. Esse conceito de misturar suco + chá = suchá é muito interessante, pois podemos agregar os benefícios do chá e do suco. Experimente diversas variações – troque os chás, os óleos, etc… Ele ganhou esse batismo graças a Rudolf Steiner, que trouxe a importância das raízes na alimentação. Esse conceito baseia-se na trimembração, que organiza o homem em 3 sistemas: neuros sensorial, na área da cabeça – onde se atuam as forças do pensar -, no coração e no pulmão – onde se atuam as forças do sentir -, e nos membros – onde se atuam as forças do querer. O homem traz a imagem da planta invertida: as raízes da planta vão alimentar o pensar humano (beterraba, cenoura, gengibre, ginseng, inhame, entre outros); os caules e folhas alimentam o sentir (não é à toa que quando uma pessoa está com bronquite- utiliza-se eucalipto- um dos maiores caules conhecidos?!) e as flores e frutas alimentam o nosso querer. E não é primordial para a nossa saúde que aquilo que a gente pensa, sente e faz sejam conectados?

LER MAIS

COZINHA VITAL – Canoa do Sertão

Rendimento: 04 a 06 porções Ingredientes: Feijão fradinho cozido (1 xícara de feijão cru) Feijão preto cozido (1 xícara de feijão cru) 1 cebola pequena picada em miudinho 1 cenoura média ralada 1 pepino Folhas de manjericão ½ xícara de vinagre de maçã 1 xícara de tomate cereja cortado em 4 1 talo de salsão (ou aipo) em cubos pequenos 2 colheres (sopa) de Óleo de Castanha-do-Pará Endívias a gosto (ou folhas de alface americana) Sal a gosto Preparo: – Colocar os feijões separadamente de molho com o triplo de água por cerca de 12 horas. Depois, lavar os feijões e colocar separadamente para cozinhar na panela de pressão por cerca de 30 minutos. Escorrer, dar um banho de água fria e reservar. Repetir com o feijão preto. – Em uma travessa misturar todos os ingredientes, com exceção das endívias e da alface americana. Recheá-las com essa mistura e servir imediatamente. O vinagre de maçã é obtido a partir da fermentação da maçã. Possui propriedade antioxidante, vitaminas do complexo B e é facilmente metabolizado. Prefira vinagres orgânicos e em embalagens de vidro. Sua principal propriedade é estimular a digestão e favorecer a secreção do ácido gástrico, e também preservar a elasticidade e flexibilidade das artérias. Pode substituir o Óleo de Castanha-do-Pará por óleos de sabores mais delicados como macadâmia, gergelim, girassol e amêndoas.

LER MAIS

COZINHA VITAL – Homus Vitalis

Rendimento: 10 porções Ingredientes: 250g de grão-de-bico – ½ pacote 2 colheres (sopa) de suco de limão 1 colher (sobremesa) de sal 1 dente de alho amassado 3 colheres (sopa) de óleo de gergelim Água se necessário (do cozimento) Hortelã e cebolinha a gosto Preparo: – Deixe o grão-de -bico de molho de um dia para outro. Depois, lave e coloque para cozinhar com água na panela de pressão por quarenta minutos e espere a pressão cessar naturalmente. Escorra a água e reserve. Espere o grão de bico esfriar. – Use um multiprocessador (módulo de lâmina dupla) ou o liquidificador na função pulsar e bata os grãos, o limão, o alho e acrescente um pouco de água se precisar. Se ficar muito denso, acrescente mais água. Volte a processar até que a massa adquira a consistência de um purê. Acrescente o sal e o óleo de gergelim e processe novamente. Passe para o recipiente que vai servir (sirva frio) acrescente salsinha bem picada, regue com o óleo de gergelim e bom apetite! – Decore em uma taça transparente com folhas de hortelã e acompanhe com pão de sua preferência. Dica: quem quiser dar o toque árabe, acrescente o tahine – que é uma pasta feita das sementes de gergelim – cerca de uma colher de sopa cheia. O grão de bico é rico em proteínas, fibras, vitaminas do complexo B e triptofano (que vai se converter em serotonina e trazer bem estar). As fibras são fundamentais na prevenção de câncer, principalmente de intestino. Experimente o homus também

LER MAIS

COZINHA VITAL – Moqueca Vitalissima

Rendimento: 6 filés Ingredientes: 2 colheres (sopa) de Óleo de Coco 1 cebola em rodelas 2 tomates com pele e sementes em cubos 6 filés de peixe (merluza ou saint peter) Sal, limão, pimenta do reino 1 vidro de leite de coco A mesma medida de água 2 colheres de sopa de purê de tomate concentrado Pimenta dedo de moça 1 pimentão vermelho em fatias 1 pimentão amarelo em fatias Salsinha a gosto Coentro a gosto (opcional) Preparo: – Em uma panela antiaderente ou de barro acrescentar uma colher de sopa do Óleo de Coco. – Acrescentar a cebola, o tomate picado, os filés de peixe previamente temperados com sal e a pimenta do reino. – Em uma panela a parte: colocar 1 colher de sopa de óleo e refogar a cebola em fatias, os pimentões em rodelas, o tomate em cubinhos. Quando murcharem, acrescentar o vidro de leite de coco e o purê de tomate concentrado. Retirar do fogo e acrescentar o Óleo de Coco. Colocar o molho por cima do peixe e polvilhar a salsinha e o coentro picadinho. Bom apetite!

LER MAIS

COZINHA VITAL – CARNE AO MOLHO VERT

Rendimento: 4 bifes Ingredientes: 4 bifes de filé mignon Sal a gosto Pimenta do reino 1 fio de óleo para grelhar os bifes 1 colher de sopa de Óleo de Semente de Abóbora e Manjericão 1 colher de sopa de mostarda dijon (ou outra de sua preferência) Preparo: Molho: Misturar o Óleo de Semente de Abóbora e Manjericão com a mostarda, aquecer uma frigideira e colocar um fio de óleo e dourar a carne. Depois que ela selar (dourar), colocar o sal e a pimenta do reino. Faça isso dos dois lados do bife. Cubra com o molho e sirva imediatamente! Dica: esse prato muito rápido e surpreende, pois parece requintado e é facilmente preparado e também agrega as propriedades da carne (ferro, zinco, vitaminas do complexo B e, principalmente, B12), do óleo de semente de abóbora, do manjericão e do toque da mostarda.  

LER MAIS

COZINHA VITAL – ARROZ DOCE VOVÓ LIGHT

Rendimento: 4 porções Ingredientes: ½ xícara de arroz integral 4 xícaras de água quente Pau de canela Canela em pó 4 dentes de cravo ½ xícara de açúcar orgânico cristal 1 maçã sem casca em cubos 2 colheres (sopa) de coco ralado 2 colheres (sopa) de Óleo de Coco Preparo: – Colocar na panela para “tostar”: meia xícara de arroz integral até fazer um “barulho de pipoca”. – Depois acrescentar a água, o pau de canela, o dente de cravo, a meia xícara de açúcar, a maçã picadinha, o coco ralado e o Óleo de Coco, cozinhe em fogo baixo até o arroz ficar macio (cerca de uma hora e meia). – Servir quente e polvilhado com canela. Dica: Você poderá substituir o Óleo de Coco  pelo Óleo de Amêndoas Doces. Prefira sempre utilizar o açúcar mascavo- que é o açúcar bruto, e por não passar pelo refinamento conserva as vitaminas e os minerais como cálcio, ferro, fósforo e potássio. Outra opção é utilizar o açúcar demerara – passa por um refinamento leve para clarear mas ainda mantém as propriedades. A canela é hipoglicemiante, ou seja, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer. É fonte de manganês, ferro e cálcio e de substâncias antioxidantes. Essa receita tem bem menos calorias que a sua versão original, agrega nutrientes saudáveis, e continua acolhedora! Quem quiser, pode acrescentar leite de coco se preferir mais cremoso.  

LER MAIS

COZINHA VITAL – SAÚDE DO HOMEM

Rendimento: 01 porção Ingredientes: 4 folhas de alface lisa 1 pires de sobremesa de agrião 5 floretes de brócolis no vapor 4 unidades de tomate cereja partidas ao meio 3 ovos de codorna cozidos por 5 minutos 1 colher (sobremesa) de suco de limão Sal a gosto 3 colheres (sobremesa) de Óleo de Semente de Abóbora com Manjericão Sementes de abóbora Preparo: – Montar as folhas, colocar o brócolis, os tomates cerejas cortados ao meio, os ovos de codorna e regar com o molho. Molho: misturar o sal no suco de limão e incorporar o Óleo de Semente de Abóbora com Manjericão. Bom proveito! Dica: O limão é um alimento muito interessante, pois possui a capacidade de acidificar o estômago (auxiliar na digestão) e alcalinizar o sangue (ajudando a combater o estresse metabólico). Rico em vitamina C, A e também em cálcio, fósforo e potássio. Auxilia o sistema imunológico, nas moléstias inflamatórias e nas febres. O agrião apresenta vitaminas do complexo B, grande quantidade de vitamina C e também iodo, enxofre e fósforo. Possui propriedades expectorante, descongestionante, anti-inflamatória e antioxidante. O brócolis é rico em proteínas, triptofano, vitaminas A, C, K e do complexo B, manganês, potássio, cálcio, ferro, magnésio, zinco e fibras. Diversas pesquisas têm apontado como um poderoso alimento anticancerígeno, bem como efeitos analgésicos, anticoagulante e anti-inflamatório. Essa salada é uma combinação de ingredientes poderosos para manter a saúde do homem! (mas, se você for mulher, pode aproveitar também!). Substitua por vários tipos de óleos e terá combinações diversificadas!  

LER MAIS

Cozinha Vital – Massa da Horta

Rendimento: 4 a 5 porções Ingredientes: 1 pacote de espaguete (ou espaguete sem glúten) 5 colheres (sopa) de óleo de girassol com sálvia 3 colheres (sopa) cheias de folhas de hortelã picadas 3 colheres (sopa) cheias de folhas de manjericão Queijo ralado a gosto (quem tiver intolerância, utilizar castanha-do-pará ou macadâmias raladas) Sal a gosto Preparo: – Cozinhe o espaguete em água fervente com sal por cerca de 10 minutos ou até ficar “al dente”. Escorra e reserve. – Em uma travessa, coloque o macarrão e misture todos os ingredientes. – Ajuste o sal se necessário e sirva imediatamente. Bom apetite! Dica: Segundo um provérbio chinês – quem tem sálvia em casa nunca envelhece! A sálvia é tida desde tempos imemoriais como a erva da longevidade. Tem propriedades digestivas, anti-séptica e fungicida. Combina com massas, com vinagre (coloque as folhinhas para aromatizar), com manteiga, e cozidos. Essa receita é muito simples e deliciosa!

LER MAIS