TPM, menopausa e candidíase… Como me livrar desses incômodos?

Share on facebook
Share on twitter

Que mulher nunca sofreu com os incômodos causados pela TPM? Ou, para quem já passou dessa fase, com os sintomas chatos da menopausa? Sem contar outros desconfortos que muitas mulheres passam pelo menos uma vez na vida causados pela candidíase, uma doença gerada pela proliferação excessiva de fungos e que resulta em muita coceira e fortes irritações em partes sensíveis do corpo, como a região íntima.

A boa notícia, porém, é que é possível tratar, prevenir ou amenizar esses terríveis incômodos de forma 100% natural, por meio da boa alimentação e da mudança de alguns hábitos. Acompanhe as dicas:

Para prevenir os incômodos da TPM e da menopausa

Você certamente já ouviu dizer que “nós somos aquilo que comemos”. E esse ditado é bastante verdadeiro quando o assunto é TPM e menopausa, períodos em que o corpo feminino produz uma série de hormônios, responsáveis pela mudança de humor e outros desconfortos. Por isso, nesses períodos:

– Procure evitar alimentos condimentados e que causem retenção de líquido (molhos industrializados, excesso de sal) e beba muita água: assim, você poderá se sentir menos inchada e mais leve.

– Ofereça ao organismo alguns tipos de carboidratos saudáveis, como os presentes em aveia, granola, arroz integral e frutas, que podem contribuir para o equilíbrio hormonal e, assim, para o alívio de muitos desconfortos.

– Dica Vital: pensando na saúde da mulher e em levar mais bem-estar ao público feminino, a Vital Âtman desenvolveu o Vital Flór, que contém os óleos de peixe, borragem e linhaça prensados a frio, com vitamina D, magnésio e cálcio, ingredientes fundamentais para auxiliar na manutenção da boa saúde feminina. E vale o destaque para os óleos de linhaça e de borragem prensados a frio, que podem ajudar a aliviar sintomas da TPM e da menopausa.

 

 

 

Para prevenir os incômodos da candidíase

De acordo com alguns estudos, a candidíase pode se desenvolver por diversos fatores, como a queda da resistência do organismo ou da resistência vaginal, favorecendo a multiplicação do fungo e a manifestação dos sintomas.

– Alguns facilitadores da doença: uso de antibióticos, anticoncepcionais e corticoides, relação sexual desprotegida, vestuário muito apertado ou úmido e duchas vaginais em excesso. Por isso a dica é evitar esses fatores.

– Além do uso de preservativos e de roupas confortáveis e arejadas, a alimentação pode contribuir muito na prevenção da candidíase e alguns alimentos específicos, como os óleos de coco e de orégano, podem ser excelentes aliados da manutenção da boa saúde feminina.

Dica Vital: desenvolvido a partir da sugestão de vários especialistas da área da saúde, o Vital Inib F, novo produto da Vital Âtman, contém os puros óleos de coco e de orégano, obtidos pelo legítimo processo de prensagem a frio, que podem ajudar na prevenção de doenças causadas pela infecção por fungos, como a candidíase, e na prevenção de úlceras estomacais, intoxicações alimentares e infecções intestinais. Além da junção desses óleos prensados a frio, outro diferencial do Vital Inib F é a presença da vitamina E, um importante antioxidante. Conheça!

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Já pensou em ser doador de sangue?

Alguma vez você já doou sangue? Já é doador de sangue ou pelo menos pensou no assunto? É um gesto simples que pode salvar muitas vidas.

Aproveitamos a oportunidade para falar sobre isso, pois todos os anos, no dia 14 de junho, países de todo o mundo comemoram o “Dia Mundial do Doador de Sangue”.

Ácido láurico: você precisa saber mais sobre ele!

Você já ouviu falar em ácido láurico? Pode ser que não, mas provavelmente já o tenha consumido, pois ele está presente no leite materno! Além disso ele é encontrado no óleo de coco, óleo de palma – alimentos comuns no dia a dia. Mas o que é esta substância e quais as vantagens para o corpo?