COZINHA VITAL – ARROZ DOCE VOVÓ LIGHT

Share on facebook
Share on twitter

Rendimento: 4 porções

Ingredientes:

½ xícara de arroz integral

4 xícaras de água quente

Pau de canela

Canela em pó

4 dentes de cravo

½ xícara de açúcar orgânico cristal

1 maçã sem casca em cubos

2 colheres (sopa) de coco ralado

2 colheres (sopa) de Óleo de Coco

Preparo:

– Colocar na panela para “tostar”: meia xícara de arroz integral até fazer um “barulho de pipoca”.

– Depois acrescentar a água, o pau de canela, o dente de cravo, a meia xícara de açúcar, a maçã picadinha, o coco ralado e o Óleo de Coco, cozinhe em fogo baixo até o arroz ficar macio (cerca de uma hora e meia).

– Servir quente e polvilhado com canela.

Dica:

Você poderá substituir o Óleo de Coco  pelo Óleo de Amêndoas Doces. Prefira sempre utilizar o açúcar mascavo- que é o açúcar bruto, e por não passar pelo refinamento conserva as vitaminas e os minerais como cálcio, ferro, fósforo e potássio. Outra opção é utilizar o açúcar demerara – passa por um refinamento leve para clarear mas ainda mantém as propriedades.

A canela é hipoglicemiante, ou seja, ajuda a controlar os níveis de açúcar no sangue e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer. É fonte de manganês, ferro e cálcio e de substâncias antioxidantes.

Essa receita tem bem menos calorias que a sua versão original, agrega nutrientes saudáveis, e continua acolhedora! Quem quiser, pode acrescentar leite de coco se preferir mais cremoso.

 

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Conheça nove maneiras naturais para perder a gordura abdominal

Vamos ser sinceros. Não é fácil perder peso, principalmente de maneira saudável. Muitas vezes é preciso mudar hábitos que estão enraizados há muitos anos e mais: mesmo com todo o esforço a gordura não some da noite para o dia. Mas dá para entender! As pessoas passam anos acumulando gordura e, quando decidem perdê-la, querem que ela suma em algumas semanas.

Mas se existe uma gordura perigosa e que merece atenção especial é a abdominal ou visceral. Isso porque ela também se acumula nos órgãos vitais e aumenta o risco de doenças graves, incluindo doenças cardíacas, diabetes e muitas outras.

Ômega 3 de algas: conheça seus benefícios

Quando se fala em ômega 3, qual é a primeira coisa que vem a sua cabeça?

Algumas pessoas pensam em linhaça e a maioria pensa em cápsulas, não é mesmo? Até aí tudo bem, pois ele pode ser consumido através de bons suplementos.

Algumas pessoas também sabem que esta substância está presente na natureza em peixes gordos de mares gelados como sardinha, atum, arenque, anchova e salmão selvagem.

O que pouca gente sabe, é que o ômega 3 pode ser consumido através das algas!