Sem categoria

sedentarismo

Sedentarismo no trabalho? É hora de se mexer!

Sedentarismo: palavra muito falada quando o assunto é cuidados com a saúde, não é mesmo? Quem não é muito fã da prática diária de atividades físicas, respira aliviado quando recebe uma carona até um destino longe da sua localização atual ou quando vê que não vai precisar se levantar para pegar o controle da televisão, já que ele está bem posicionado do seu lado. Talvez, essa pessoa trabalhe com algo que não exija uma movimentação constante de todo o corpo, como em um escritório administrativo, onde a maioria dos serviços são feitos ali mesmo, sentado em uma cadeira que nem sempre é confortável e adequada, de frente com uma tela de computador. Então, esse comportamento se mantém durante todo o expediente. Academia, caminhada ou esportes? Nem pensar, pode soar até como um insulto! Isso te lembra alguém? Pode ser que tenhamos acabado de descrever a sua realidade, querido leitor, ou, provavelmente, de um certo conhecido. Passar muitas horas seguidas sentado é algo comum no dia a dia das pessoas, o que intensifica o alerta em relação ao sedentarismo. Ficar em uma mesma posição de repouso por horas pode parecer simples e inofensivo, mas essa ação ou, de fato, a falta de uma ação, pode acarretar riscos sérios à saúde. (1) Então, se você tem um trabalho sedentário e se preocupa com isso, o texto de hoje é leitura obrigatória. Sedentarismo e seus malefícios O sedentarismo pode ser tão prejudicial quanto o cigarro e, afirmar isso, não é um exagero. Reflita bem: pessoas fumantes, ao colocarem

LER MAIS
saúde

Dia Mundial da Saúde: você cuida da sua?

O Dia Mundial da Saúde é comemorado em 7 de abril, mesmo dia que, em 1948, foi criada a Organização Mundial da Saúde (OMS). A data busca promover a conscientização sobre o tema voltando os olhares para a qualidade de vida e os diferentes fatores que podem afetar a saúde da população. Esse é um momento de discutir questões sérias sobre a saúde, além de instruir as pessoas a se cuidarem e a defenderem seus direitos. (1) Agora, vem a pergunta: você se considera saudável? Para responder, é preciso levar em conta não só a ausência de doenças, pois, afinal, não apresentar enfermidades não significa ter saúde. Sendo assim, para dizer que uma pessoa está saudável, é preciso uma análise de um conjunto de fatores, que abrange tanto os aspectos mentais quanto os físicos.(1) Portanto, hoje é dia de refletir: você está cuidando da sua saúde? Todos merecem saúde e qualidade de vida Não sabemos qual é a sua realidade de vida, mas, saiba que, em todo o planeta, existem grupos com acesso limitado a serviços de saúde de qualidade que lutam diariamente para sobreviverem. Como se não bastasse, ainda sofrem com piores condições de moradia, educação, menos oportunidades de emprego e até mesmo sem nenhum acesso a ambientes seguros, água e ar limpos. Esse cenário pode levar ao sofrimento, doenças e morte. (2) Diante disso, reforçamos a importância do Dia Mundial da Saúde, que promove o debate sobre as obrigações dos órgãos públicos para com a população. Segundo a Lei nº 8.080, de 1990,

LER MAIS
exercício

Como o corpo reage enquanto praticamos exercícios físicos?

Se você é uma dessas pessoas que têm o hábito de iniciar um novo dia com exercícios físicos, sabe como é a sensação de bem-estar que essa prática frequente pode proporcionar. À princípio, parece cansativo; afinal de contas, até nos acostumarmos com a rotina de nos movimentarmos diariamente, leva tempo e esforço. No entanto, é algo que vale a pena investir, pois uma atividade física habitual consegue, além de manter um corpo em forma, melhorar a qualidade de vida e a saúde. (1) Na publicação de hoje, vamos falar sobre como o nosso corpo reage quando praticamos algum exercício físico. Talvez você não saiba disso, mas quando nos exercitamos, o cérebro começa a trabalhar, produzindo milhares de reações químicas que, em sinergismo, atuam proporcionando mais qualidade de vida e benefícios para a saúde. (1) Para saber mais, continue a leitura. Praticar exercícios regularmente faz bem O sedentarismo é um problema que afeta o mundo todo. Estima-se que cerca de 3,2 milhões de pessoas no mundo morram anualmente por doenças relacionadas ao sedentarismo, como o AVC, obesidade, diabetes e infarto. (2) Considerando o cenário, fica ainda mais evidente a importância da atividade física para a nossa vida. Isso sem falar nos inúmeros benefícios que essa prática proporciona. A seguir, listamos apenas 5 deles para você ter uma ideia: (2) Contribuir no combate ao estresse, depressão e ansiedade; Melhorar a resposta do sistema imunológico; Fortalecer ossos e músculos; Prevenir o desenvolvimento de transtornos neurodegenerativos e demências, como Alzheimer; Melhorar a aptidão cardiorrespiratória, aumentar a longevidade e qualidade

LER MAIS

Conheça os benefícios da taurina

Talvez você já tenha ouvido falar da taurina por ela estar presente em algumas bebidas energéticas. A taurina, assim como a cafeína, também muito presente em bebidas energéticas, pode atuar como um estimulante ao sistema nervoso central. (1,2) A cafeína é um composto que tem sido relacionado, além de estimulante do sistema nervoso central, ao aumento de desempenho físico e mental e do estado de alerta. Porém, em doses elevadas, pode apresentar efeitos como aumento da pressão arterial, arritmia, taquicardia, insônia, náusea e convulsões. (2) A taurina, por sua vez, é um aminoácido que apresenta participação em diversas funções fisiológicas, como na absorção de gorduras, ação antioxidante, proteção ao coração, ação anticonvulsiva e na modulação de insulina. Por esses fatores, tem sido muito usada como um ingrediente funcional em alimentos. (2) Claro que o consumo dessa substância, assim como a da cafeína, deve ser moderado. O cuidado deve ser ainda maior quando falamos do consumo de energéticos misturadas com bebidas alcoólicas, já que ambas possuem seus efeitos potencializados pelo álcool e podem trazer muitos prejuízos para a saúde. (1) Porém, são inegáveis os benefícios que a taurina pode oferecer ao nosso organismo. E é sobre eles que vamos falar nesse texto. Taurina, quem é você? A taurina é um aminoácido considerado não essencial, ou seja, que o organismo é capaz de sintetizar para seu funcionamento. Nosso corpo a sintetiza no fígado e no cérebro a partir dos aminoácidos metionina e cisteína. Ela está presente em maiores quantidades na retina e nos tecidos muscular, esquelético e

LER MAIS

Dicas para cuidar bem da pele

Não importa se você é mulher, homem, jovem, idosa(o)… você deveria estar em dia com os cuidados com a sua pele. Sabemos que estresse, poluição, uso de cigarro e bebidas alcoólicas, alimentação, exposição solar e clima são alguns dos fatores que podem influenciar na aparência da pele. Tais fatores podem gerar o surgimento de manchas, contribuir para o envelhecimento precoce e, até, desencadear algumas doenças. Claro, cada pessoa tem um tipo de pele e os cuidados para uma podem não ser os mesmos para a outra. Porém, existem algumas dicas que fazem bem para todo e qualquer tipo de pele. Quer saber como cuidar melhor da sua? Continue a leitura.  Os cuidados com a pele A pele do nosso rosto é bastante diferente da pele do nosso corpo, certo?! Por isso, precisamos dedicar alguns cuidados especiais para a face, essa área que está em maior exposição em nosso corpo. Um fato curioso é que a pandemia aumentou o número de pessoas dedicadas ao famoso skincare. Talvez por repararmos mais em nosso rosto durante as reuniões online ou até mesmo por um maior tempo livre em casa; não importa o motivo, o fato é que o ato de cuidar da pele é quase que como uma terapia, aquele momento de autocuidado e amor próprio. (1) Mas é importante termos cuidado. Nas redes sociais, encontramos diversas dicas de skincare, com sugestões de produtos e fórmulas caseiras. Porém, não ter o acompanhamento de um profissional pode acabar prejudicando a pele ao invés de ajudá-la. (1) Por isso, o

LER MAIS
óleo essencial e vegetal

Óleos vegetais e óleos essenciais: qual a diferença?

Se você já ouviu falar em óleo vegetal e óleo essencial, talvez também já tenha achado que eles são a mesma coisa. Essa confusão é normal, mas não, eles não são a mesma coisa! Existem diferenças entre os óleos vegetais e essenciais e conhecê-las pode te ajudar a entender como cada um deles pode oferecer benefícios para você e sua saúde. Por isso, preparamos esse texto para acabar de vez com essa dúvida. O que são os óleos essenciais? Definimos os óleos essenciais como substâncias orgânicas bastante perfumadas e voláteis, que, como vimos, podem ser provenientes de diferentes partes de uma planta. A designação de “volátil” se dá pelo fato de que, quando expostos ao ar (temperatura ambiente), evaporam. (1) A consistência apresentada geralmente é aquosa e límpida, mas os óleos essenciais podem ficar solidificadas em baixas temperaturas. Os óleos essenciais são solúveis em álcool, éter e outros compostos graxos e não são dissolvidos em água. Quando falamos em coloração, eles podem exibir desde tons claros até fortes e opacos. (1) Dentre as propriedades dos óleos essenciais, podemos destacar características inseticidas, nematicida, fungistático, antimicrobiano e antifúngico, sem contar que o seu comportamento é parecido com o dos antibióticos, pois podem eliminar ou inibir o desenvolvimento de bactérias e outros microorganismos. (2) Resumidamente, óleos essenciais são substâncias naturais que se formam dentro das plantas. Quando feitos em laboratórios são chamados de essências e, portanto, somente os naturais têm funcionalidade para aplicação terapêutica. (3) Talvez você já tenha ouvido falar sobre aromaterapia. Se sim, saiba que essa

LER MAIS
maca peruana

Maca Peruana: a diferença entre vermelha, amarela e preta

A maca peruana (Lepidium meyenii) compõe a tradição culinária e medicinal do Peru há centenas de anos. Diversos estudos foram realizados para descobrir os benefícios da maca peruana para a humanidade, podemos citar aqui sua ação antioxidante e anti-inflamatória, além do efeito neuroprotetor, imunomodulador, regulador hormonal e entre outros. (1,2,3,4) Existem aproximadamente 13 tipos de variações da maca peruana que se dividem conforme a coloração, e cada uma corresponde a diferentes propriedades. (1,2,3,4) Neste texto, vamos falar sobre as características da maca peruana nas cores vermelha, amarela e preta e entender a diferença entre elas. Uma visão geral sobre a maca peruana Antes de explicarmos a diferença entre os tipos de maca peruana, vamos entender um pouco mais sobre ela! A maca peruana, ou Lepidium meyenii, é uma planta originária da Região dos Andes no Peru, mas pode ser encontrada em outros países da América do Sul, como na Bolívia, Colômbia, Chile e Argentina. O cultivo da espécie mais conhecida, Lepidium meyenii Walp, se dá nas altas montanhas do Andes, em altitude de 3.500 a 4.800 metros acima do nível do mar. (1) A raiz tuberosa da maca peruana tem sido utilizada há séculos como planta alimentar e medicinal e sua procura é motivada pela relação com o aumento da vitalidade, promoção da libido, aumento da fertilidade e do desempenho sexual de homens e mulheres. (1) Existem 18 a 19 tipos de aminoácidos que integram a maca peruana, dos quais 7 são considerados essenciais e, inclusive, as concentrações dessas substâncias são maiores do que encontramos

LER MAIS

Existe segredo para ser feliz?

Somos seres individuais e com desejos tão particulares. Muitas vezes, imaginamos sermos tão diferentes de todo mundo e é como se ninguém pudesse nos compreender, mas, uma coisa, acreditamos que todos temos em comum: a vontade de ser feliz, esse desejo de sentir a felicidade até a última gota e experimentar a sensação de estar aproveitando a vida do melhor jeito possível. A felicidade pode ser sentida de inúmeras formas, mas a ciência descobriu que é possível ter algumas chaves para acessá-la com mais facilidade e plenitude: as nossas relações! A gente te explica e ainda fala sobre mais pontos importantes que estão relacionados à nossa felicidade. Felicidade e relacionamentos Um estudo desenvolvido durante 75 anos pela Universidade de Harvard, que trata-se de uma das mais longas pesquisas já noticiadas, acompanhou 724 homens, monitorando a vida deles no trabalho, em casa e exames médicos anualmente, concluiu que a principal razão para a felicidade são os bons relacionamentos, pois ajudaram a mantê-los saudáveis por mais tempo, auxiliaram no relaxamento do sistema nervoso e atuaram na redução das dores tanto emocionais quanto físicas. Observou-se, também, que pessoas solitárias tiveram o cérebro deteriorado com mais velocidade, resultando em uma piora na saúde e menos longevidade. É possível e vale a pena conferir mais dados sobre esse estudo em uma TED Talk feita por um dos diretores do estudo, Robert Waldinger. (1) Muitos de nós acreditamos que a felicidade está majoritariamente relacionada com a satisfação com o trabalho, no ganho financeiro, na conquista material e em outros fatores, mas,

LER MAIS
atitudes vital

Vital é cuidar das pessoas com propósito e amor

Somos muito mais que palavras bonitas querendo te convencer a levar uma vida com mais saúde. Diariamente, nossas atitudes e decisões são pautadas em uma verdade incontestável: cuidar de você. Acreditamos que todos estamos conectados e que, para viver em comunidade, é preciso olharmos uns para os outros com respeito, compaixão e cuidado. Cada indivíduo escreve a sua história e, durante toda essa jornada, nossos caminhos vão se entrelaçando.  Fazer parte da vida de alguém por meio de trocas positivas e se tornar especial é maravilhoso e nós queremos ser esse tipo de experiência na sua história! O comprometimento com o seu bem-estar físico e mental está no nosso DNA, pois acreditamos que só conseguimos viver a nossa vida explorando toda a sua potência quando cuidamos de nós mesmos com atenção e compreendemos que o nosso corpo é instrumento importante para a realização dos nossos sonhos. Quando ele funciona bem, temos muito do que precisamos para continuar escrevendo (e vivendo) histórias inesquecíveis, eternizando memórias, compartilhando momentos felizes e perpetuando nosso legado para o mundo. Nós queremos estar nas suas melhores lembranças! Para viver uma vida plena e saudável, é preciso contar com quem está comprometido nessa missão. Por isso, cada parte de nós sabe da importância de ser verdadeiro com tudo aquilo que queremos entregar para o mundo, para você. E o que queremos é que você vibre com a vida, sinta orgulho dos seus passos, resgate o seu amor próprio, explore o mundo olhando para si com carinho, admiração e cuidado com a sua

LER MAIS

As maravilhas da cranberry para a nossa saúde

Já ouviu falar em cranberry? Se a resposta foi não, vale a pena dar uma olhadinha no texto que escrevemos sobre essa fruta que é sucesso na América do Norte e tem, cada vez mais, ganhado o coração dos brasileiros pelo gostinho e diversos benefícios à nossa saúde. No texto que comentamos, além de falarmos mais sobre a origem da cranberry, também abordamos especificamente um dos seus maiores benefícios, que está associado ao trato urinário e, agora, chegou o momento de descobrir ainda mais benefícios dessa frutinha. (1) Quando paramos para pensar em todas as frutas, legumes e vegetais que existem no planeta, nos damos conta de que a natureza é a melhor amiga da nossa saúde, não é mesmo?! São diversas espécies de plantas com potencial nutritivo, em que algumas são conhecidas mundialmente e outras têm a popularidade concentrada em regiões específicas do mapa. Com o aumento de estudos científicos e da facilidade de obter informações em poucos minutos navegando pela internet, está sendo cada vez mais comum e acessível a adoção de hábitos saudáveis, sobretudo, a procura por uma dieta balanceada e equilibrada. Valorizar essa variedade de alimentos em nosso prato, além de oferecer os nutrientes necessários para alimentar o nosso organismo com qualidade, deixa a vida muito mais gostosa! Por isso, incluir a cranberry no cardápio só oferece pontos positivos para a nossa saúde, e é sobre eles que falaremos! Mas, antes, vamos dar uma olhada na composição dessa fruta? Propriedades da cranberry Aliado do organismo, a cranberry é considerado uma fruta

LER MAIS
Glutamina

Mitos e verdades sobre a glutamina

A glutamina é o aminoácido mais abundante no plasma e tecido muscular, sendo atuante no fornecimento de energia ao corpo. (1) Pelo fato de sua sintetização ocorrer no organismo a partir de outros aminoácidos, ela é considerada não essencial, assim como a arginina e tirosina. (2,3) No entanto, a glutamina é um importante aminoácido que favorece diversos órgãos do corpo, como coração, pulmões, rins, fígado e intestino e, dependendo do caso, a suplementação pode ser benéfica. (4,5) Com o crescente interesse da sociedade em melhorar o desempenho em atividades físicas, criar novos hábitos para uma alimentação saudável e balanceada, que resultam em uma boa saúde, se torna imprescindível garantir que o nosso corpo receba todos os nutrientes suficientes para a manutenção adequada do organismo. (5) No entanto, com a correria do dia a dia, essas ações podem ser prejudicadas e não serem realizadas corretamente, comprometendo os benefícios que poderíamos receber. Sendo assim, uma ótima aliada a quem deseja um auxílio na manutenção da saúde é a suplementação alimentar, assegurando que a falta de nutrientes seja suprimida, sempre com supervisão profissional. (5) Logo, um nutriente que vale a pena investir é a glutamina, o assunto principal citado no início do texto. Ao ser produzida pelas células do cérebro e dos pulmões e consumidas pelas células intestinais, imunes e os rins, é considerada segura e benéfica.(5,6) As principais funções da glutamina são: promover a integridade intestinal; atuar no crescimento e diferenciação celular; transportar a cadeia carbônica e transferir o nitrogênio entre os órgãos; estimular a síntese de

LER MAIS
Maca Peruana

Maca peruana: benefícios na fertilidade e libido.

Cada vez mais existem estudos que se aprofundam na avaliação da utilização de plantas medicinais e medicamentos fitoterápicos para a recuperação da saúde e que comprovam os benefícios de produtos naturais. É o caso da maca peruana, um tubérculo que se destaca por proporcionar o aumento de vitalidade, libido, fertilidade e performance sexual. Existem relatos desde a pré-história que demonstram que o homem já utilizava recursos provenientes da natureza para suprir suas necessidades fisiológicas. Conseguiam distinguir, por exemplo, plantas comestíveis daquelas que traziam benefícios de cura. Esse conhecimento foi se difundindo entre etnias, gerando tradições culturais, novas descobertas e, também, a base para tantos estudos. (1)           No texto a seguir, falaremos mais sobre a maca peruana, uma raiz poderosa que se assemelha ao formato de um rabanete, e como inseri-la no nosso dia a dia. Sobre a Maca Peruana A maca peruana (Lepidium Meyenii) é nativa na Região dos Andes, no Peru, sendo cultivada a mais de 4 mil metros acima do nível do mar. Segundo historiadores, ela é conhecida desde o ano 8.000 a.C., mas passou a ser consumida pelos nativos a partir do século 17. (2)   A raiz, também conhecida como Ginseng Peruano, carrega uma gama de nutrientes essenciais como: aminoácidos, carboidratos, fibras, cálcio, ferro, magnésio, ômegas 3 e 9, fósforo, potássio, zinco, selênio e vitaminas B1, B2, C e E. (3) Cultivada e exportada principalmente pelo Peru, ela é encontrada em 13 diferentes cores. No entanto, o mercado brasileiro a recebe na cor vermelha, amarela e preta. (4) Maca Peruana

LER MAIS