fertilidades

Nutrição e fertilidade: entenda essa relação

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aponta que, aproximadamente, de 8% a 15% dos casais apresentam algum problema de fertilidade durante sua vida fértil. Essa incapacidade biológica de contribuir para a concepção pode apresentar variadas causas, como: endometriose, miomas, obesidade, disfunções ovulatórias, síndrome dos ovários policísticos e distúrbios na tireoide. (1) Além dessas razões ginecológicas e sistêmicas, a discussão sobre outros fatores que podem influenciar a fertilidade, relacionados ao estilo de vida e condições ambientais, também vem sendo levantada por especialistas. (1) Afinal, será que a dieta pode influenciar quando falamos de fertilidade? É o que vamos descobrir neste texto.  A alimentação pode influenciar na fertilidade? Para começo de conversa, vamos enfatizar que não existe fórmula mágica que ajuda mulheres a terem filhos. O que se sabe é a fertilidade pode ser influenciada pela alimentação e nutrição e que hábitos e escolhas alimentares mais saudáveis e conscientes podem, sim, atuar consideravelmente na fertilidade de homens e mulheres. (1,2) Mas, de que modo isso acontece? Hoje em dia, é comum termos contato com produtos industrializados que carregam alto potencial inflamatório. Tratam-se de alimentos que oferecem poucos nutrientes e muitas substâncias que, em excesso, podem se tornar nocivas ao organismo, como a glicose, o sal e a gordura trans. (2) Nesse sentido, também podemos citar os carboidratos com alto índice glicêmico, pois, quanto mais consumimos alimentos com alto índice glicêmico, maiores as chances de o organismo desenvolver resistência à insulina e aumentar a produção desse hormônio, gerando um estado inflamatório no corpo que pode resultar em diabetes.

LER MAIS
coração

Como manter a saúde do coração?

Qual a atenção você tem dado para a saúde do seu coração? Você sabe quais os cuidados para ter um coração saudável? Saiba que o coração é o músculo mais importante do nosso corpo e tem a função de fornecer alimento e oxigênio às células. (1) Um antigo provérbio chinês já dizia: “Todos os dias arrumamos os cabelos, por que não o coração?” Certamente, essa reflexão apresenta uma percepção afetiva, emocional. No entanto, você concorda que também podemos encará-la com uma ótica mais voltada para a saúde cardiovascular? Neste texto, vamos descobrir como manter um coração saudável com hábitos simples que cabem na rotina. As principais doenças e fatores de risco para a saúde do coração Conforme os dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), os problemas cardiovasculares são as principais causas de morte em todo o mundo. Estima-se que, a cada ano, cerca de 17 milhões de pessoas vêm a óbito em decorrência dessas enfermidades. Falando do Brasil, as complicações cardiovasculares assumem o topo das causas de morte da população brasileira. Para se ter uma ideia, morrem mais pessoas por problemas do coração do que por diversos tipos de câncer, pela violência e pelos acidentes de trânsito. (2,3) As principais doenças do coração são: (4) Hipertensão arterial; Doença coronariana; Doença cerebrovascular; Doença arterial periférica; Doença cardíaca reumática; Cardiopatia congênita. Essas doenças podem ser motivadas por diversos fatores, como os níveis elevados da pressão sanguínea, obstrução das artérias coronárias, placas de gordura acumuladas, disfunção nos vasos sanguíneos do sistema nervoso central ou anormalidades que surgem

LER MAIS
atitudes vital

Vital é cuidar das pessoas com propósito e amor

Somos muito mais que palavras bonitas querendo te convencer a levar uma vida com mais saúde. Diariamente, nossas atitudes e decisões são pautadas em uma verdade incontestável: cuidar de você. Acreditamos que todos estamos conectados e que, para viver em comunidade, é preciso olharmos uns para os outros com respeito, compaixão e cuidado. Cada indivíduo escreve a sua história e, durante toda essa jornada, nossos caminhos vão se entrelaçando.  Fazer parte da vida de alguém por meio de trocas positivas e se tornar especial é maravilhoso e nós queremos ser esse tipo de experiência na sua história! O comprometimento com o seu bem-estar físico e mental está no nosso DNA, pois acreditamos que só conseguimos viver a nossa vida explorando toda a sua potência quando cuidamos de nós mesmos com atenção e compreendemos que o nosso corpo é instrumento importante para a realização dos nossos sonhos. Quando ele funciona bem, temos muito do que precisamos para continuar escrevendo (e vivendo) histórias inesquecíveis, eternizando memórias, compartilhando momentos felizes e perpetuando nosso legado para o mundo. Nós queremos estar nas suas melhores lembranças! Para viver uma vida plena e saudável, é preciso contar com quem está comprometido nessa missão. Por isso, cada parte de nós sabe da importância de ser verdadeiro com tudo aquilo que queremos entregar para o mundo, para você. E o que queremos é que você vibre com a vida, sinta orgulho dos seus passos, resgate o seu amor próprio, explore o mundo olhando para si com carinho, admiração e cuidado com a sua

LER MAIS

Gratidão: benefícios comprovados pela ciência!

Desde pequenininhos, muitos de nós fomos ensinados a agradecer qualquer gesto de gentileza como uma maneira de educação, encarado como uma obrigação. Mal sabiam nossos pais que essa pequena atitude corrobora com um sentimento tão essencial para a nossa saúde física e mental: a gratidão! Pessoas gratas são mais felizes, menos estressadas, cuidam mais da saúde, fazem menos comparações, sofrem menos com dores, ansiedade e depressão, praticam a empatia no seu dia a dia, enxergam a vida com mais otimismo mesmo diante das dificuldades e colhem muito mais frutos ao encarar esse sentimento como um estilo de vida. (1,2) Nesse texto vamos te mostrar porque tudo isso é verdade e como incluir a gratidão na sua rotina! A vida é uma correria para quase todo mundo e isso nos coloca em um piloto automático que faz coisas simples e belas que acontecem o tempo todo passarem despercebidas por nós todos os dias. Um sorriso de alguém que cruza nosso caminho, uma flor desabrochando, o canto dos pássaros, poder acordar e sair da cama, respirar e poder ser livre para correr atrás dos nossos sonhos são pequenos exemplos da beleza que é estar vivo neste momento. As tarefas atrasadas, a sensação de ter que acertar o tempo todo e corresponder à expectativa alheia, a vontade de ter muitas coisas que ainda não conquistamos e a frustração que sentimos ao nos darmos conta de que, na verdade, não podemos dar conta de tudo, atrapalham a gente de enxergar tudo de bom que há ao nosso redor. Se

LER MAIS
CAFÉ

Você conhece os benefícios do café?

Se o café fosse um ator de Hollywood, já teria no currículo a experiência de dois papéis: o de vilão e o mocinho! Sem contar o prestígio mundial, por ser uma das bebidas mais apreciadas do planeta e a segunda mais consumida, depois da água. (1) Com o avanço da ciência, vemos especialistas da área da saúde incentivando o consumo de café e desvendando vários preconceitos que surgiram no passado. (2) Esse efeito já era de se esperar: o grão do café traz diversos benefícios para a saúde, pode evitar doenças crônicas e facilitar a vida na hora de praticar atividades físicas. (1) Neste texto, você saberá quais os outros benefícios que o consumo de café pode oferecer. De acordo com a Associação Brasileira de Café (ABIC), o Brasil é o maior produtor de café do mundo! (1) Isso explica a paixão difundida em solo brasileiro. Com certeza, você deve conhecer alguém apaixonado por essa bebida ou pelo sabor tão característico. Por diversas vezes, o café é visto como um vilão, devido ao seu composto farmacológico mais ativo: a cafeína! (1) Ao fornecer um efeito estimulante, essa substância atua no sistema nervoso central, aumentando a produção dos neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar, dentre os vários outros benefícios que citaremos logo mais. (3) Mas, e se revelarmos a você que o café não é feito só de cafeína? Um grão de café tem cerca de 1 a 2,5% desse composto que faz parte do grupo das xantinas, trazendo alta concentração de polifenóis ricos em vitaminas

LER MAIS

As maravilhas da cranberry para a nossa saúde

Já ouviu falar em cranberry? Se a resposta foi não, vale a pena dar uma olhadinha no texto que escrevemos sobre essa fruta que é sucesso na América do Norte e tem, cada vez mais, ganhado o coração dos brasileiros pelo gostinho e diversos benefícios à nossa saúde. No texto que comentamos, além de falarmos mais sobre a origem da cranberry, também abordamos especificamente um dos seus maiores benefícios, que está associado ao trato urinário e, agora, chegou o momento de descobrir ainda mais benefícios dessa frutinha. (1) Quando paramos para pensar em todas as frutas, legumes e vegetais que existem no planeta, nos damos conta de que a natureza é a melhor amiga da nossa saúde, não é mesmo?! São diversas espécies de plantas com potencial nutritivo, em que algumas são conhecidas mundialmente e outras têm a popularidade concentrada em regiões específicas do mapa. Com o aumento de estudos científicos e da facilidade de obter informações em poucos minutos navegando pela internet, está sendo cada vez mais comum e acessível a adoção de hábitos saudáveis, sobretudo, a procura por uma dieta balanceada e equilibrada. Valorizar essa variedade de alimentos em nosso prato, além de oferecer os nutrientes necessários para alimentar o nosso organismo com qualidade, deixa a vida muito mais gostosa! Por isso, incluir a cranberry no cardápio só oferece pontos positivos para a nossa saúde, e é sobre eles que falaremos! Mas, antes, vamos dar uma olhada na composição dessa fruta? Propriedades da cranberry Aliado do organismo, a cranberry é considerado uma fruta

LER MAIS
Setembro amarelo

Setembro Amarelo: a importância de falar e prevenir o suicídio

Realizada desde 2014, a campanha do Setembro Amarelo, que tem como propósito abordar e conscientizar a população sobre a prevenção ao suicídio, tem ganhado, cada vez mais, voz e espaço nas discussões sobre saúde mental ano a ano. E não é por menos, somente no Brasil, anualmente, são registrados mais de 13 mil suicídios, sendo que um grande ponto de atenção é que o número de jovens dentro desses casos está cada vez maior. Uma triste realidade que está diretamente relacionada a transtornos mentais. (1) Nesta publicação, traremos luz sobre esse assunto, daremos algumas dicas de como identificar alguém com comportamentos suicidas e, também, como agir diariamente em prol da saúde mental.  Falar sobre suicídio é o melhor caminho! Um assunto pesado, delicado e que, infelizmente, ainda é um grande tabu e, muitas vezes, vai ficando debaixo do tapete, intocável. Porém, não falar sobre suicídio não faz o problema desaparecer, pelo contrário. Grande problema de saúde pública no mundo todo, o suicídio pode ser definido como um ato deliberado executado pela própria pessoa em que a intenção é a morte que, mesmo sendo ambivalente, utiliza de um meio que acredita ser letal de maneira consciente e intencional para tirar a própria vida. (2) Pensamentos, planos e tentativa de suicídio são o que chamamos de comportamentos suicidas e, assustadoramente, um dado de 2005 mostrava que 17% das pessoas no Brasil já apresentaram, em algum momento, pensamentos sobre tirar a própria vida. É muito alarmante! (2) Não é um tema que possa ser tratado de maneira simplista,

LER MAIS
Vitamina K2

Conheça os benefícios da vitamina K2 para a saúde

Ao longo da vida, ouvimos falar de diversas vitaminas, mas a vitamina K2 não é muito abordada em comparação a outras. Apesar disso, ela desempenha funções importantes, principalmente na coagulação do sangue e na saúde dos ossos. (1) Saiba que os benefícios da vitamina K2 não param por aí! Neste texto, você conhecerá mais sobre essa vitamina que pode ser encontrada em alguns alimentos e adquirida através da suplementação. Também entenderá sobre seu funcionamento no organismo e os principais pontos positivos que a torna tão indispensável na alimentação.  O que é a vitamina K2? A vitamina K2, também conhecida como menaquinona, é uma substância fundamental para o fortalecimento dos ossos e pode ser encontrada em maior quantidade em alimentos fermentados. (2,3) As propriedades da vitamina K2 contribuem ativamente na saúde óssea e vascular, uma vez que sua atividade biológica assegura o processo de inibição da calcificação vascular e promoção da mineralização óssea, na qual as proteínas Gla de matriz (MGP), Osteocalcina e Gla-rich protein (GRP) são as responsáveis por essas demandas. Ou seja, caso haja deficiência de vitamina K2, os processos citados acima podem ser comprometidos, já que essas proteínas dependem da atividade da vitamina para exercerem suas funções. (3) Nos próximos tópicos, você vai entender como a vitamina K2 atua em diversos aspectos do nosso organismo e na prevenção de doenças.  Vitamina K2, cálcio e osteoporose O cálcio é um mineral vital para a construção da estrutura óssea do corpo e função muscular. Apesar disso, ele também pode se tornar o motivo das principais

LER MAIS
estresse

Estresse: quais os riscos para a nossa saúde?

No dia a dia, você já notou perdas rápidas de memória? À princípio, não achamos que seja algo incomum, mas, na maioria dos casos, ela está relacionada ao acúmulo de estresse. Além desse sintoma, outros, como queda de cabelo, gastrite, osclilação de pressão, também estão associados ao estresse. (1) Neste texto, vamos abordar sobre os riscos do estresse para a saúde e como reduzir essas ocorrências no dia a dia, influenciando diretamente na sua qualidade de vida. Você irá perceber o quanto fazer atividades que você gosta e que te façam relaxar é importante para levar uma vida mais leve e feliz. (2)  O que é o estresse e como ele age no nosso corpo? O estresse é uma reação natural do organismo que surge quando vivenciamos situações de perigo ou ameaça. Quando ocorre, nos coloca em estado de alerta, provocando diversas alterações físicas e emocionais. Trata-se de uma atitude biológica essencial para se adaptar às situações novas, que nem sempre são confortáveis. (3) Assim que surge a sensação de ameaça ou estresse, o corpo desencadeia uma reação química, muitos a chamam de “luta ou fuga”. O cérebro fica em alerta e produz os hormônios adrenalina e cortisol, provocando uma resposta que aumenta a frequência cardíaca, acelera a respiração, contrai os músculos e aumenta a pressão arterial. (4,5) Em relação ao segundo hormônio que citamos, o cortisol, todo esse estado de estresse e/ou alerta máximo fazem com que a produção dessa substância nas glândulas suprarrenais seja intensificada. Sendo assim, para agir corretamente, as glândulas precisam

LER MAIS
cranberry

Conheça os benefícios da cranberry para a saúde

Hoje vamos nos aprofundar sobre uma pequena fruta vinda da América do Norte e que recentemente ganhou fama devido a seus inúmeros benefícios e se tornou mais fácil de encontrar no Brasil: a cranberry. (1) A cada ano estamos mais conscientes e convencidos de como é importante fazermos escolhas melhores e mais naturais para nossa saúde. Passamos a dedicar mais tempo na seleção dos ingredientes que colocamos na nossa mesa todos os dias e colhemos os benefícios com a qualidade de vida que estamos ganhando. A natureza nos oferece diversos aliados para esta missão: as frutas (como a cranberry), sementes, raízes e outros diversos alimentos que são fontes de nutrientes para nosso corpo.  O que é cranberry? A cranberry é uma das três frutas nativas cultivadas na América do Norte, e, no Brasil, é conhecida pelo nome “oxicoco”. Os primeiros registros sobre a fruta surgem na literatura por volta de 1620, mostrando americanos usando o alimento na conservação de carnes de caça. Outro fato apontado é que seu suco vermelho era usado como tinta natural para coloração de tecidos como tapetes, cobertores e roupas. (1) Naquela época, já observavam suas propriedades medicinais e utilizavam como antisséptico natural, aproveitando a cranberry no tratamento de ferimentos que eram causados por flechas venenosas. Nos Estados Unidos, a cranberry também tem um papel cultural e importante nos tradicionais feriados, como o de Ação de Graças, e é considerada símbolo de uma vida saudável.(1) A fruta é rica em fibras (pectina), ácidos (acético, ascórbico, cáprico, málico, valeriânico, cítrico), antioxidante (flavonóides)

LER MAIS

Sálvia: componentes e benefícios dessa planta medicinal

Se você acompanha o nosso blog, certamente conhece algumas plantas medicinais que já foram citadas por aqui. Hoje, você vai descobrir as propriedades terapêuticas da sálvia, uma erva originária da região Mediterrânea, cujo nome já predestina a função pela qual ela se popularizou: salvar! (1) Cada vez mais existem estudos aprofundados sobre essas “dádivas” da natureza, comprovando seus benefícios para a nossa saúde. A Salvia Officinalis também é conhecida como erva sagrada e é muito utilizada como tempero em comidas. É aromática, perene e pode ser encontrada em vários lugares do mundo, já que ela se adapta em solos quentes e secos. (2,3) Quanto ao sabor… bem, tem gente que ama e aqueles que não gostam de jeito nenhum. No entanto, o gosto amargo e potente não prejudica sua utilidade gastronômica nem seus fins terapêuticos, tanto que essa planta é usada por todas as medicinas populares europeias há centenas de anos, além de estar presente em muitos lares. (3,4,5) Existe uma variedade de sálvias com sabores e fragrâncias específicas: Sálvia Tricolor; Groselha Preta; Grega; Esclareia; Icterina; Ananás; e Roxa. (3) Por serem fontes naturais de compostos antioxidantes, elas têm sido alvo de diversos estudos acerca do papel na prevenção e tratamento de doenças neurodegenerativas. (5) A seguir, você saberá a composição da sálvia para que então entenda da onde vieram tantos benefícios.  Os componentes principais da sálvia  Taninos tipo catequina (condensados), ácidos fenólicos (cafeico, ferúlico, rosmarínico, gálico, hidroxibenzóico, vanílico, cumárico e clorogénico), flavonoides, óleos essenciais (tujona, cânfora, cineol, humuleno, alfa-pineno), diterpenóides amargos (ácido carnósico), triterpenoides

LER MAIS

Glúten: o que é e quais doenças ele pode causar?

O glúten, muitas vezes, é enxergado como algo negativo. As pessoas o excluem da alimentação por acreditarem que ele ajuda no ganho de peso. Na verdade, a história é um pouco diferente. O que sabemos é que sim, o glúten tem relação com algumas patologias, mas ele não é o maior vilão do mundo vegetal. (1) Neste texto, vamos falar sobre quem realmente pode consumir essa proteína, os desafios relacionados a ela e, de quebra, ainda desmistificaremos a associação com o ganho de peso.  O que é glúten O glúten é um conjunto de proteínas de reserva usadas por algumas plantas para nutrir suas sementes durante a germinação. Pode ser encontrado em alguns cereais, como o trigo, centeio, cevada e aveia. (2,3) Por ser uma substância viscoelástica, o glúten é muito importante na fabricação de pães, macarrão, biscoitos e outros alimentos. (3) Sendo assim, o glúten, na maior parte dos casos, pode ser consumido normalmente, sem oferecer riscos à saúde. Contudo, existem pessoas que desenvolveram intolerância ou alergia ao glúten, fazendo com que o consumo dessa proteína seja prejudicial à saúde desses pacientes, como veremos nos próximos tópicos.. (3)  Patologias relacionadas ao glúten Nos Estados Unidos, cerca de 30% das pessoas seguem uma dieta que inibe o consumo de glúten. Considerando que somente uma minoria realmente tem um diagnóstico de patologias relacionadas à ingestão dessa proteína, a restrição do seu uso pode apresentar um comprometimento nutricional para quem não convive com os seguintes problemas: alergia ao trigo (AT), sensibilidade ao glúten não celíaca (SGNC) e

LER MAIS