Vitamina D

imunidade

Quais suplementos podem auxiliar a imunidade com a chegada dos dias frios?

As estações do ano mudam, mas o cuidado com a nossa saúde, especialmente a imunidade, sempre deve ser prioridade. Com a chegada dos dias frios, notamos uma maior incidência de gripes, resfriados e outras infecções virais, que podem ser amenizadas a partir do bom funcionamento do sistema imunológico. Por isso, é muito importante investir no fortalecimento da imunidade por meio de uma alimentação saudável e rica em nutrientes, como também no uso de suplementos e fórmulas vitamínicas. (1) É importante que você compreenda que aquilo que comemos influencia diretamente – de forma positiva ou negativa – o funcionamento do sistema imunológico. Sendo assim, a nutrição exerce um papel crucial para a saúde. (2) No texto de hoje, vamos falar sobre os principais nutrientes que podem auxiliar a imunidade, atuando na defesa do nosso organismo e contribuindo para uma vida mais saudável. Vamos lá? Por que ficamos mais doentes quando está frio? O principal motivo de ficarmos mais doentes em períodos de frio é porque a maioria dos vírus se replicam em uma velocidade maior em temperaturas menores e, consequentemente, se espalham com mais facilidade. (3) O ar seco e frio também pode ajudar vírus, como o da gripe, a permanecer infeccioso por mais tempo. Além disso, a inalação do ar frio pode afetar a forma como a imunidade age no nosso corpo, prejudicando, por exemplo, a resposta imune no trato respiratório, o que facilita a propagação do vírus. (3) Em dias frios, também é comum que a gente fique mais tempo dentro de casa, ou

LER MAIS
síndrome do ovários policístico

Como a nutrição pode ajudar na síndrome dos ovários policísticos?

Mulheres portadoras da síndrome do ovário policístico podem sentir uma série de sintomas capazes de influenciar na qualidade de vida. Por essa razão, elas necessitam de um acompanhamento que priorize não só as repercussões reprodutivas, estéticas e metabólicas da doença, mas que também ofereça um atendimento multiprofissional. A prática de atividades físicas combinadas a uma boa alimentação, pode resgatar e transformar a rotina saudável desse grupo de mulheres. (1) No texto de hoje, vamos falar sobre os aspectos nutricionais que envolvem o tratamento da síndrome do ovário policístico. Acompanhe: O que é SOP? A síndrome do ovário policístico (SOP) é uma doença originada pelo desequilíbrio dos hormônios na mulher, de causa multifatorial. Estamos falando de um problema endócrino complexo que interfere no metabolismo das pacientes, em que é comum apresentarem predisposição para diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e, até mesmo, obesidade. Portadoras de SOP ovulam com menor frequência e têm ciclos, em geral, irregulares. (1,2) Embora ainda não se tenha conhecimento sobre a causa específica dessa doença, sabe-se que ao menos metade das mulheres portadoras têm problemas hormonais, como o excesso de produção de insulina pelo pâncreas e transtornos nas glândulas hipotálamo, hipófise e adrenais, resultando em uma maior quantidade de hormônios masculinos. A SOP é caracterizada pelo crescimento excessivos de pelos pelo corpo, acnes, alopecia, cistos ovarianos, irregularidade menstrual, seborreia, entre outros. Nesse sentido, alguns desses sintomas podem ser representados pelo termo “hiperandrogenismo”. (3,4) Fatores de risco da SOP Ao mencionar os riscos de conviver com a doença, a conversa fica um pouco mais

LER MAIS
imunidade

Como dar um up na imunidade e não ter surpresas na viagem de fim de ano

Imagina só: passar o ano todo esperando pela a viagem do fim de ano, vislumbrando aquela praia maravilhosa ou aquele campo tranquilo, para chegar próximo da data e a imunidade não colaborar. Aí não dá, né? Então, não perca essas dicas de como dar um up na imunidade para não ter surpresas na viagem e aproveitar tudo, com muita diversão e, claro, sem deixar de lado o merecido descanso. O sistema imune é fundamental para manter o equilíbrio do organismo. Constituído por uma rede de órgãos, células e moléculas, ele envolve reações e etapas complexas, com a função de combater agentes estranhos que possam tentar invadir o nosso corpo, tais como bactérias, vírus e parasitas. (1,2) Nesse contexto, temos os anticorpos, que são os organismos responsáveis por eliminar essas ameaças. Quando alguma função do sistema imunológico começa a falhar, esses anticorpos não são mais produzidos na quantidade adequada ou podem começar a agir de modo que não nos protejam corretamente. Então, o nosso corpo fica vulnerável a doenças. (3) Diversos fatores externos podem influenciar na saúde da imunidade, como: má alimentação, estresse, privação de sono, má digestão e absorção de nutrientes, sedentarismo, entre outros. (1) Nesse sentido, existem algumas práticas e hábitos que podem contribuir para a melhora e fortalecimento do sistema imunológico que você pode por em prática para permanecer cheio de energia e disposição na viagem de férias. Veremos a seguir.    Nutrientes essenciais para a imunidade Cada vez mais, a nutrição vem sendo considerada uma ferramenta essencial para a manutenção do sistema

LER MAIS
vitamina d e saúde mental

Vitamina D e saúde mental: qual a relação?

A famosa vitamina D, que na verdade não é uma vitamina, mas sim um hormônio, pode desempenhar diversas funções que beneficiam não só a saúde dos ossos (como estamos acostumados a ver), mas também o sistema nervoso central, como indicam algumas pesquisas, contribuindo para a manutenção das atividades cerebrais e no tratamento contra patologias mentais, como a depressão. Neste texto, vamos falar rapidamente sobre os benefícios da vitamina D para o organismo, os riscos que a deficiência desse hormônio pode causar e o impacto que ela pode causar na saúde mental. Vamos lá? (1,2)  Benefícios da vitamina D Definida como um hormônio que promove a absorção de cálcio pelo corpo, a vitamina D não é tão fácil de ser encontrada em uma dieta comum. No entanto, saiba que a nossa pele é capaz de produzir essa vitamina quando está em contato com os raios solares. Sendo assim, a fonte mais abundante de vitamina D é o sol, um elemento, digamos assim, acessível a todos nós. Mas, lembre-se: o tempo de exposição sempre deve ser bem controlado para evitar complicações e garantir benefícios à saúde. (1,3) Há dois tipos de vitamina D: a D3 e a D2. A D3 é encontrada em animais, incluindo peixes, e também é o tipo que a nossa pele produz quando está exposta ao sol. Já a D2 vem de alimentos vegetais e cogumelos. Estudos apontam que a vitamina D3 é a mais eficiente e a escolha número 1 na hora de realizar suplementação alimentar. (1) Agora que você já conhece

LER MAIS
Saude do Homem

Conheça 6 suplementos importantes para a saúde do homem

Há quem pense que a suplementação com foco na saúde e prevenção de doenças é algo mais voltado para o público feminino. Porém, neste texto, vamos mostrar que, assim como elas, os homens também podem se beneficiar (e muito) com o uso de suplementos como o ômega 3, vitaminas e outros. Quando abordamos o tema suplementação com foco nos homens, pode ser que o que vem à cabeça são os suplementos com foco em performance nos esportes e academia. Mas, aqui, vamos além desse tópico: mostraremos alguns nutrientes importantes para a saúde deles e quais são os seus principais benefícios. Quais suplementos são importantes? Ômega 3: O ômega 3 é um ácido graxo essencial que não é produzido pelo corpo humano. Por esse motivo,  é necessário procurar uma fonte para obter esse nutriente. Ele é ótimo aliado para o coração. Isso porque, segundo estudos,  o ômega 3 reduz o risco de problemas cardiovasculares. E tem mais. Recentemente, pesquisas mostraram que o óleo é benéfico para o cérebro, evitando doenças neurológicas e psiquiátricas. Quem tem interesse em consumir ômega 3 pode fazer isso por meio da alimentação, ingerindo sardinha, atum e salmão, ou em forma de vegetais, oleaginosas ou sementes, como a linhaça. Também existe a possibilidade de consumir o ômega 3 por meio de cápsulas. (1,2,3) Vitamina D: Quando falamos sobre vitamina D, logo pensando no sol, correto? E não é à toa! Essa vitamina é obtida por meio da exposição solar. Um de seus benefícios mais conhecidos é, sem dúvida, o auxílio na absorção

LER MAIS

Vitamina D e imunidade: entenda essa relação

Muitas pessoas, quando ouvem falar em vitamina D, logo associam ela ao sol. De fato, ele é a maior fonte dessa vitamina para o nosso corpo. Além disso, ela também é muito conhecida pelo seu importante papel fisiológico no metabolismo do cálcio, logo, na saúde dos nossos ossos. Mas a função da vitamina D no nosso organismo vai muito além e é isso que abordaremos neste texto e, ao final dele, o nosso objetivo é deixar claro para você o quanto ela pode contribuir com a melhora da imunidade. (1) Vitamina D: vitamina mesmo ou hormônio? Como assim, hormônio?! Pois é! Com o passar do tempo e com estudos realizados sobre a vitamina D, descobriu-se que ela era classificada erroneamente (ou de forma errada) como uma vitamina, mas que, na verdade, ela é um pró-hormônio esteroide. ( (1) Isso acontece porque as vitaminas são classificadas como substâncias essenciais para o nosso organismo, mas que são obtidas por meio da alimentação. Sim, existem alimentos capazes de prover vitamina D para o corpo humano, porém, o nosso organismo é capaz de obter esse elemento por meio de um composto intermediário da biossíntese do colesterol ou pela exposição ao sol. (1) Mesmo após essa descoberta na segunda metade do século XX, a vitamina D (colecalciferol) continuou sendo chamada desta maneira. (1,2,4) As funções da Vitamina D no organismo Sua principal função é a atuar na regulação e manutenção da quantidade de fósforo e cálcio no organismo, elevando o aproveitamento intestinal e diminuindo o gasto renal. Ela também atua

LER MAIS

Qual a importância do magnésio no corpo e quando suplementar?

Sintomas como fadiga, dificuldades em dormir e se concentrar, constipação e cãibras, podem ser sinais do seu corpo para sinalizar a deficiência de magnésio no organismo.(1,2) Este mineral está diretamente ligado à regulação dos nossos nervos, músculos e, até, no controle de glicose no sangue. Por isso, neste texto, você vai entender melhor como o magnésio desempenha funções essenciais no nosso corpo e a importância de suplementá-lo, caso seja necessário, para a prevenção de doenças.(1) Vamos lá? Muito se fala de alguns minerais e vitaminas super importantes para o bom funcionamento do nosso organismo, como a vitamina D e o cálcio, mas, muitas vezes, outros elementos extremamente importantes para o bom funcionamento do corpo humano não são tão abordados assim e é sobre um deles que vamos falar hoje.(3, 4, 5,) Resultados obtidos a partir de uma análise feita por pesquisadores de universidades chinesas apontam que pessoas com maior presença de magnésio no organismo têm menor risco de serem “vítimas” de derrame, insuficiência cardíaca, diabetes tipo 2 e morte precoce. (4) Mas, por que o magnésio é tão importante assim? Existem diversos motivos! Ele é o quarto mineral mais encontrado no nosso corpo e o segundo mais encontrado dentro das nossas células. Cerca de 300 enzimas dependem da presença do magnésio, além de ele estar ligado à função de vários outros minerais, como cálcio, fósforo, zinco, cobre, ferro, chumbo e cádmio. Grande ativador de sistemas enzimáticos, contração muscular e transmissão nervosa, o magnésio atua em funções digestivas, cerebrais e imunológicas, além de ter papel importantíssimo

LER MAIS

Síndrome Fúngica: causas, sintomas e como evitá-la

Em busca de uma dieta saudável você vai ao mercado. Escolhe os melhores legumes e frutas indicados pela nutricionista e fica satisfeita ao chegar em casa: alimentos fresquinhos e saudáveis para o organismo.

Só que depois de um tempo você começa a sentir sintomas como queda de cabelo, cansaço, língua esbranquiçada e até coceira vaginal. Sem entender o que está acontecendo, você vai ao médico e descobre que, apesar da boa alimentação, está sofrendo de uma condição chamada “síndrome fúngica”.

Nesse momento várias perguntas vêm à cabeça: “O que é isso”? “Como eu peguei”? “Tem cura”?

LER MAIS

Lúpus: conheça substâncias e formas naturais de combater os sintomas

Quem sofre de lúpus, está sempre em busca de soluções para avaliar os sintomas. Isso porque eles são bem desagradáveis e algumas vezes até incapacitantes, impedindo o paciente de executar as atividades do dia a dia.

O problema é que muitas vezes, os medicamentos prescritos podem trazer efeitos colaterais indesejados.

Mas atualmente, substâncias naturais aliadas a mudanças no estilo de vida podem melhorar muito a qualidade de vida dos portadores de lúpus.

Nesse blog post você vai saber mais sobre essa doença e o que fazer para mantê-la sob controle.

LER MAIS

Saiba como melhorar seu sistema imunológico

Sabe aquelas coisas que a gente só percebe quando faltam? Assim é com nosso sistema imunológico! Quando ele está funcionando bem a gente nem nota, mas basta cair nossa imunidade que aparecem doenças como alergia, asma, gripe, herpes, entre outras.

Acontece por que estamos continuamente expostos a organismos que são inalados, engolidos ou que habitam nosso corpo e quando o sistema imunológico está funcionando corretamente ele nos protege dessas doenças.

LER MAIS

Conheça 8 suplementos antiaging

Desde o início dos tempos, as pessoas têm procurado novas maneiras de restaurar a juventude e retardar os sinais de envelhecimento.

Com a busca pela “fonte da juventude”, pílulas, poções, e suplementos antienvelhecimento começaram a surgir no mercado, prometendo a volta da juventude.

Infelizmente, muitos vêm com preços elevados, e com tantas opções por aí, pode ser difícil determinar quais realmente funciona.

LER MAIS