Conheça os benefícios da vitamina K2 para a saúde

Share on facebook
Share on twitter
Vitamina K2

Ao longo da vida, ouvimos falar de diversas vitaminas, mas a vitamina K2 não é muito abordada em comparação a outras. Apesar disso, ela desempenha funções importantes, principalmente na coagulação do sangue e na saúde dos ossos. (1)

Saiba que os benefícios da vitamina K2 não param por aí! Neste texto, você conhecerá mais sobre essa vitamina que pode ser encontrada em alguns alimentos e adquirida através da suplementação. Também entenderá sobre seu funcionamento no organismo e os principais pontos positivos que a torna tão indispensável na alimentação. 

O que é a vitamina K2?

A vitamina K2, também conhecida como menaquinona, é uma substância fundamental para o fortalecimento dos ossos e pode ser encontrada em maior quantidade em alimentos fermentados. (2,3)

As propriedades da vitamina K2 contribuem ativamente na saúde óssea e vascular, uma vez que sua atividade biológica assegura o processo de inibição da calcificação vascular e promoção da mineralização óssea, na qual as proteínas Gla de matriz (MGP), Osteocalcina e Gla-rich protein (GRP) são as responsáveis por essas demandas. Ou seja, caso haja deficiência de vitamina K2, os processos citados acima podem ser comprometidos, já que essas proteínas dependem da atividade da vitamina para exercerem suas funções. (3)

Nos próximos tópicos, você vai entender como a vitamina K2 atua em diversos aspectos do nosso organismo e na prevenção de doenças. 

Vitamina K2, cálcio e osteoporose

O cálcio é um mineral vital para a construção da estrutura óssea do corpo e função muscular. Apesar disso, ele também pode se tornar o motivo das principais doenças cardiovasculares. Mas, como assim? Bem, o excesso de cálcio no corpo pode levar ao endurecimento das artérias e vasos do sistema cardiovascular, tornando-os menos flexíveis. Um outro problema são as placas de cálcio que podem se formar nas artérias e vasos, dificultando o trabalho do coração e aumentando o risco de complicações. E é aí que a vitamina K2 entra em ação! (1)

A vitamina K2 coloca o cálcio em equilíbrio. Funciona da seguinte maneira: ao ativar as proteínas MGP, elas impedem que o mineral seja depositado nos tecidos cardiovasculares. Além disso, a K2 também pode regular o cálcio, garantindo o papel na construção óssea, ao ativar a proteína Osteocalcina, responsável pela integração do cálcio na matriz óssea. (1)

Simplificando: a vitamina K2 ativa algumas proteínas que não deixam o cálcio “passear” pelas correntes sanguíneas, o levando até os ossos para concluir sua função. Chegando lá, a vitamina surge novamente, ativando outra proteína que se encontra dentro dos ossos, mantendo o cálcio por lá e aumentando a densidade mineral óssea.(2)

Por essa relação com o cálcio, benefícios exclusivos têm sido atribuídos à vitamina K2 na prevenção e tratamento da osteoporose, um problema grave de saúde caracterizado pela perda de massa e deterioração da estrutura óssea, principalmente em indivíduos de idade avançada. O equilíbrio ósseo é alterado pela formação de osteoblastos ou da reabsorção por osteoclastos. (3)

Em mulheres na menopausa, a suplementação de cálcio e vitamina K2 é ainda mais recomendada. Isso porque, devido às alterações hormonais características do período promoverem a perda e evitarem a remoção de massa óssea, a prevenção e a interrupção da perda óssea são os focos principais do tratamento de osteoporose. (3)

Pacientes com osteoporose têm mais chances de desenvolverem calcificação vascular. Nesse sentido, as proteínas já citadas, MGP e Gla-rich protein – cujas atividades são dependentes da vitamina K2 – podem auxiliar na prevenção desse diagnóstico ao exercerem suas funções corretamente. Além disso, essa vitamina promove aumento no número e atividade dos osteoblastos, como também possibilita a regeneração da fratura. Vemos aí a grande contribuição da vitamina K2 para a saúde óssea. (3) 

Vitamina K2 e a saúde cardiovascular

Chegando aqui, já dá para ter uma noção dos benefícios que a vitamina K2 oferece ao coração. Ao regular o cálcio, essa vitamina pode prevenir o surgimento de doenças cardiovasculares. Pois, se o cálcio fica acumulado no sistema circulatório, os vasos e artérias começam a apresentar elasticidade e flexibilidade reduzidas, fazendo com que o coração trabalhe bem mais na circulação do sangue, que pode ocasionar rupturas ou enfermidades, como a aterosclerose. (1)

O estudo Roterdã, realizado com aproximadamente 5000 pessoas na Holanda, demonstrou que dietas ricas em vitamina K2 podem reduzir drasticamente o risco e a mortalidade por doenças cardiovasculares. Um outro estudo, feito em 2015 por Knapen, concluiu que, além da prevenção, a K2 pode reverter os níveis existentes de calcificação e restaurar a flexibilidade arterial. (1) 

Vitamina K2

Vitamina K2 e o câncer

Estudos realizados indicam que a vitamina K2 é um inibidor potencial de certos tipos de câncer de fígado, como o carcinoma hepatocelular (HCC). Essa condição pode afetar, principalmente, pessoas portadoras de hepatite ou que sofreram cirrose no órgão.

Pesquisas apontaram que o uso de suplementação da vitamina K2 pode reduzir o risco de desenvolvimento de HCC, já que está relacionado ao teor de vitamina K diminuído no fígado em comparação as áreas saudáveis. Então, quanto mais vitamina K2 circulando pelo organismo, maior a prevenção contra o carcinoma hepatocelular e outros tipos de cânceres. (4)

Vitamina K2 para um envelhecimento mais saudável

Ao compreender que essa vitamina pode auxiliar na prevenção de doenças que se tornam mais comuns com o avanço da idade, já era de se esperar que esse nutriente fosse um grande aliado à longevidade e qualidade de vida na terceira idade, não é mesmo?

Quem quer envelhecer com mais saúde, deve dar devida atenção à atuação da vitamina K2 em sua rotina, pois, além de promover a senilidade e prevenir doenças como as que citamos no decorrer do texto, ela também atua na prevenção do Alzheimer, artrite, nefropatias, na diminuição das linhas de expressão e evita a atrofia da pele. (4) 

Onde encontrar a vitamina K2

Os seguintes alimentos podem ser fonte dessa vitamina:

  • Carne de fígado; (5)
  • Queijos e derivados; (5)
  • Soja fermentada; (5)
  • Ovos; (5)
  • Chucrute; (3)

Agora você já sabe que, para melhorar a saúde cardiovascular, óssea, prevenir cânceres e viver um envelhecimento mais saudável, pode contar com a presença da vitamina K2.

Mesmo sendo encontrada em alguns alimentos, a suplementação desse nutriente tão benéfico para a nossa saúde pode facilitar muito a vida daqueles que não o adquirem em quantidade suficiente por meio da alimentação. No entanto, lembre-se: é recomendada a orientação com um profissional qualificado quando se trata de suplementar novas substâncias no organismo.

Fontes: 
  1. VITAMINA K2 colocando o cálcio em equilíbrio para um coração saudável. Aditivos & Ingredientes, p. 38-40. Disponível em: <https://aditivosingredientes.com.br/upload_arquivos/201912/2019120291548001576162698.pdf>. Acesso em 30 jun. 2021.
  2. COELHO, Rafael. Vitamina D e K2: uma combinação cada vez mais utilizada. Folha de Pernambuco, 2018. Disponível em: <https://www.folhape.com.br/noticias/vitamina-d-e-k2-uma-combinacao-cada-vez-mais-utilizada/56362/>. Acesso em 30 jun. 2021.
  3. VILLA, Julia K. Dourado. Efeito da suplementação com vitamina K2 (menaquinona-7), vitamina D 3 e cálcio na saúde óssea e vascular de ratas ovariectomizadas. 2019. 94f. Tese (Pós-Graduação em Bioquímica Aplicada) – Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2019. Disponível em: <https://www.locus.ufv.br/bitstream/123456789/25702/1/texto%20completo.pdf>. Acesso em 30 jun. 2021.
  4. LONDRIFÓRMULAS FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO. Os benefícios da suplementação de vitamina K2. Disponível em: <http://londriformulasmanipulacao.com.br/wp-content/uploads/2020/07/VITAMINA-K2.pdf>. Acesso em 30 jun. 2021.
  5. BORGES, Mariana. Vitamina K: benefícios, fontes e impacto na performance e na Covid-19. Eu Atleta, 2020. Disponível em: <https://ge.globo.com/eu-atleta/nutricao/noticia/vitamina-k-beneficios-fontes-e-impacto-no-desempenho-esportivo.ghtml>. Acesso em 30 jun. 2021.

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

A importância da alimentação e do Ômega 3 no tratamento da endometriose

Você sabia que a alimentação rica em ômega 3, magnésio, vitaminas do complexo B e fibras pode ajudar a minimizar os sintomas da endometriose?

Endometriose é uma patologia ginecológica que atinge cerca de 10% das mulheres no período reprodutivo e até 3% a 5% após a menopausa, sendo definida pelo aparecimento de células que envolvem a região do útero (endométrio) em locais fora da cavidade uterina.