Óleo de gergelim prensado a frio e seus benefícios

Você sabia que o óleo de gergelim é um alimento cheio de qualidades nutricionais, medicinais e cosméticas? E não por acaso. É que o óleo de gergelim é rico em antioxidantes (sesamol e sesaminol), que protegem as células sadias do organismo contra a ação oxidante dos radicais livres, e também em gorduras poli-insaturadas. Além disso, possui vitamina E, vitamina K, fitoesteróis, ômega 3 e 6, magnésio, cobre, cálcio, ferro, zinco, proteínas e vitamina B6. Muita gente não sabe, mas o gergelim é cultivado pelo homem há pelo menos 5 mil anos...
Share on facebook
Share on twitter

Você sabia que o óleo de gergelim é um alimento cheio de qualidades nutricionais, medicinais e cosméticas? 

E não por acaso.  É que o óleo de gergelim é rico em antioxidantes (sesamol e sesaminol), que protegem as células sadias do organismo contra a ação oxidante dos radicais livres, e também em gorduras poli-insaturadas. Além disso, possui vitamina E, vitamina K, fitoesteróis, ômega 3 e 6, magnésio, cobre, cálcio, ferro, zinco, proteínas e vitamina B6.

Muita gente não sabe, mas o gergelim é cultivado pelo homem há pelo menos 5 mil anos. Na tradicional medicina Ayurveda, por exemplo, o óleo obtido a partir da prensagem da semente de gergelim é bastante utilizado para tratar diversas doenças e ainda melhorar a saúde da pele e dos cabelos.

Na medicina ocidental, é o método de prensagem a frio para extração de óleos que tem chamado a atenção. Isso porque o calor, mais comumente usado para extrair o óleo da semente, pode prejudicar seu sabor e qualidade nutricional, enquanto o método de prensagem e extração a frio produz óleos de melhor qualidade, mantendo suas propriedades bioativas. 

Mas quais são os benefícios do óleo de gergelim prensado a frio? 


1. Tem efeito anti-inflamatório

 Esse talvez seja o principal benefício do óleo de gergelim. Estudos (http://www.ibrafe.org/) mostram que o óleo de gergelim pode reduzir a inflamação do corpo e pode ser usado ainda (segundo a medicina chinesa) como produto antibactericida e poderoso aliado no combate à hipertensão arterial (pressão alta).


2. Ajuda a perder peso

Os compostos antioxidantes do óleo de gergelim aumentam a atividade das células do fígado responsáveis pela quebra dos ácidos graxos. Ou seja:  as gorduras poli-insaturadas presentes no gergelim podem ajudar a queimar gordura.

3.Aliado da saúde da pele

A  semente de gergelim é cheia de zinco,  importante mineral que atua na síntese de colágeno, proporcionando a manutenção de uma aparência  mais jovem e saudável. Não podemos esquecer de falar dos antioxidantes do óleo de gergelim que são fundamentais para a elasticidade da pele.  O efeito hidratante do óleo também ajuda a manter a elasticidade da pele e a prevenir o envelhecimento precoce.  

4 . Ajuda a melhorar a saúde bucal

Se você sofre com mau hálito, quer fortalecer seu sistema imunológico ou até mesmo clarear os dentes, fazer bochechos diários com o óleo de gergelim é uma excelente alternativa. Os bochechos com o óleo de gergelim também reduzem o tártaro, previnem infecções bacterianas e fortalecem as gengivas.

5. É bom para os ossos

O óleo de gergelim se mostrou capaz de promover o crescimento de osteoblastos, as células responsáveis pela síntese dos componentes orgânicos da matriz óssea. A presença de cálcio e zinco na semente de gergelim pode ser a explicação para isso.

6. Ajuda na manutenção da pressão arterial e ajuda na saúde do coração

O óleo de gergelim é hipotensivo, ou seja: reduz a pressão do sangue sobre os vasos sanguíneos.

O óleo de gergelim possui 82% de ácidos graxos insaturados. E pesquisas  mostram que uma dieta rica em gorduras insaturadas é boa para a saúde do coração.  Ácidos graxos ômega-6 do óleo de gergelim (gordura poli-insaturada) é essencial para a alimentação e pode prevenir doenças cardíacas.

Um estudo de um mês em 48 adultos descobriu que aqueles que consumiram 4 colheres de sopa (59ml) de óleo de gergelim por dia tiveram maiores reduções no LDL, o mau colesterol, e nos triglicerídeos, em comparação com aqueles que consumiram azeite.


7. Ajuda no controle da glicemia

Esse tópico é especialmente importante para quem está acima do peso ou luta contra o diabetes.  

Outro estudo realizado com 46 adultos com diabetes tipo 2 descobriu que tomar óleo de gergelim por 90 dias reduziu significativamente o açúcar no sangue em jejum e a hemoglobina A1c (HbA1c), em comparação com um grupo placebo. Os níveis de HbA1c são um indicador do controle de açúcar no sangue a longo prazo.

8. Tem ação antioxidante, previne o câncer e o estresse oxidativo

As sementes de gergelim contêm uma lignina lipossolúvel com propriedades fitoestrogênicas, conhecida como sesamina. Segundo evidências científicas, esta substância inibe a proliferação de alguns tipos de câncer.

E você, já experimentou óleo de gergelim prensado a frio? Adicione essa delícia no preparo dos seus alimentos e consuma-o como parte de uma dieta balanceada. 

Se gostou desse conteúdo, compartilhe com seus amigos e familiares! Compartilhar saúde é Vital 🙂

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

CATEGORIAS
Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

Está grávida? Conheça seis exercícios ótimos para você!

De repente aparece uma notícia que muda sua vida para sempre: “você está grávida”!

Passado o impacto inicial e a sensação de já ser mãe, vêm muitas dúvidas: “Será que é menino ou menina”? “Qual o nome que eu vou dar”? Será que devo mudar minha alimentação? E como vai ficar o trabalho? Será que posso continuar frequentando a academia?

Para responder todas a estas perguntas o ideal é consultar um médico e começar o acompanhamento da gestação. Isso vai garantir a saúde da mamãe e de bebê até o nascimento.