5 hábitos que melhoram sua qualidade de vida

Cada vez mais temos ouvido falar sobre qualidade de vida, medicina preventiva e medicina da longevidade. Tudo está ligado à saúde e bons hábitos alimentares.
Share on facebook
Share on twitter

Cada vez mais temos ouvido falar sobre qualidade de vida, medicina preventiva e medicina da longevidade. Tudo está ligado à saúde e bons hábitos alimentares.

Existem lugares que são estudados pelo fato de sua população viver até os 100 anos de idade ou mais, que são eles: ilha grega de Ikaria; as terras altas da Sardenha; Península de Nicoya, na Costa Rica; Okinawa, Japão e Loma Linda na Califórnia.
É notável a semelhança entre esses povos: as pessoas em todos esses lugares compartilham rituais e práticas alimentares semelhantes.

Aqui estão 5 dicas baseadas nos hábitos das pessoas com maior longevidade no planeta.

1 – Tenha uma dieta baseada 95% em plantas

As pessoas comem uma impressionante variedade de vegetais da temporada (vegetais e frutas da época), e, em seguida, congelam ou secam o excedente para armazenar. O melhor dos alimentos da longevidade são as folhas verdes. Estudos descobriram que as pessoas de meia-idade que consumiram o equivalente a uma xícara de verduras cozidas diariamente, tinham metade da probabilidade de morrer nos próximos quatro anos como aqueles que não comeram nada “verde”.

2 – Procure ingerir carne no máximo 2 vezes por semana

As famílias das regiões citadas desfrutam de carne com moderação. Elas ingerem carnes no máximo 2 vezes por semana e dão preferência a carnes de frango e porcos criados livremente.

3 – Coma peixe com frequência

O peixe deve fazer parte das refeições diárias pois são ricos em ômega 3, um poderoso aliado da boa saúde. As melhores opções de peixe são sardinhas, anchovas e bacalhau, que não são expostos a altos níveis de mercúrio ou outros produtos químicos.

4- Corte leite e seus derivados

O sistema digestivo humano não é otimizado para processar o leite de vaca, que é rico em gordura e açúcar. A dica é obter seu cálcio a partir de plantas. Por exemplo: uma xícara de couve, oferece tanto cálcio quanto um copo de leite.

5 – Coma duas porções de castanhas por dia

Um estudo recente de Harvard descobriu que pessoas que ingerem castanhas têm uma taxa de mortalidade de 20 por cento mais baixa do que aquelas que não consomem, além de reduzirem as taxas do “mau” colesterol em até 20 por cento.

Além dessas dicas ainda estão: consumir bastante água, pouco café, o mínimo possível de açúcar; e quando sentir vontade de ingerir álcool, dê preferencia para o vinho tinto pois é rico em resveratrol – um potente antioxidante.

Viva a vida mais leve e mais natural possível, livre-se aos poucos dos produtos industrializados, dedique mais tempo à sua saúde agora… os próximos anos agradecerão!

Viver bem é Vital!

4 comentários em “5 hábitos que melhoram sua qualidade de vida”

  1. Super interessante, são dicas maravilhosas , principalmente porque procuram diminuir o consumo da carne bovina e aumentar o consumo de peixes, já que o mesmo contém Ômega 3, que trás vários benefícios à nossa saúde, por exemplo : diminuir o colesterol, favorecer a memória e até mesmo,ajudar no combate à diabetes.
    Adorei !

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM

5 poderosos benefícios do óleo de orégano

Você já deve saber que há uma série de medidas que podemos tomar para garantir que o nosso sistema imunológico permaneça forte ao longo do outono e inverno, mas há uma pequena planta que passou despercebida até agora. Graças a pesquisas cada vez mais minuciosas acerca dos alimentos funcionais, esta pequena super erva, o orégano, está agora no centro das atenções!

Qual a concentração ideal de ômega 3 para o organismo?

Quando se fala em ômega 3 surgem muitas dúvidas. Uma delas diz respeito à concentração, ou seja, qual a quantidade ideal de nutrientes que devem ser ingeridos por dia? E quais produtos oferecem essa quantidade?

Estas perguntas são muito importantes, uma vez que a concentração e a quantidade corretas de ômega 3 de um produto são fundamentais para que o corpo obtenha todos os benefícios deste nutriente.