Relações sustentáveis: o nosso futuro depende disso!

A palavra sustentabilidade é tão versátil, ambígua e subjetiva! É uma questão complexa com diversas abordagens. Como sustentar, conservar, proteger e manter o equilíbrio tanto nas nossas relações comerciais quanto com o nosso planeta?
Share on facebook
Share on twitter

A palavra sustentabilidade é tão versátil, ambígua e subjetiva!

É uma questão complexa com diversas abordagens.

Como sustentar, conservar, proteger e manter o equilíbrio tanto nas nossas relações comerciais quanto com o nosso planeta?

É essa a reflexão que abordaremos neste texto!

Afinal, o que é sustentabilidade?

Fomos buscar a fundo a definição desta palavra e o que encontramos foram diversos pontos de vista como:

– “Uma técnica de desenvolvimento que resulta na melhoria da qualidade de vida e simultaneamente na minimização dos impactos ambientais negativos”. (MEADOWS;MEADOWS;RANDERS, 1992 apud SILVA et al, 2016, p. 77).(1)

– Segundo Dias (2011 apud SILVA et al, 2016, p. 77-78) ,

a sustentabilidade é dividida em três dimensões: econômica, social e ambiental, considerando-se em termos econômicos, as organizações têm que ser economicamente viáveis, face ao seu papel na sociedade e que deve ser cumprido levando em consideração o aspecto da rentabilidade […]. Em termo social, a organização deve proporcionar boas condições de trabalho, empregos, inclusão social para combater a desigualdade; e em questão ambiental, a empresa deveria pautar-se pela ecoeficiência, preocupar-se com os impactos gerados pelo uso dos recursos naturais e pelas emissões de poluentes. (1)

– “Sustentabilidade é consequência de um complexo padrão de organização que apresenta cinco características básicas: interdependência, reciclagem, parceria, flexibilidade e diversidade. Se estas características foram aplicadas às sociedades humanas, essas também poderão alcançar a sustentabilidade”. (CAPRA, 2006, apud ROSA, 2007).(2)

relacoes-sustentaveis-o-nosso-futuro-depende-disso

A importância do propósito relações sustentáveis

Atualmente, essa palavra tem sido usada com mais frequência, já reparou? “Qual o seu propósito?”

A busca por ele e pelo autoconhecimento está cada vez mais sendo propagada tanto no âmbito pessoal quanto no corporativo. Por que será?

De acordo com o dicionário Michaelis, a palavra “propósito” é definida como:(3)
– a intenção de fazer ou deixar de fazer alguma coisa; desígnio, plano, projeto, vontade;

– decisão após consideração e várias possibilidades; deliberação, resolução;

– objeto que se tem em vista; meta, mira;

– bom senso.

Para desenvolver relações duradouras e sustentáveis, desde funcionários a clientes, fornecedores e, até com o planeta, é preciso alinhar as intenções, os projetos, os valores, as metas e diversos outros fatores essenciais para que todos estejam em sintonia a fim de atingir objetivos em comum. É preciso saber onde querem chegar e como isso deve ser feito.

Liderar uma organização de forma sustentável gera novos desafios para os líderes e tomadores de decisões, pois cabe a eles difundirem o conceito nos mais diferentes níveis da empresa para que todas as partes envolvidas o coloquem em prática e incorporem em suas rotinas.(1)

Desenvolvimento sustentável

A sociedade moderna tem acordado para os problemas sociais e ambientais, repensando o mero crescimento econômico e indo em busca de alternativas que o conciliem com a preservação do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida.

José Pepe Mujica (apud  BORTOLON; MENDES, 2014), na reunião mundial sobre desenvolvimento sustentável na Rio+20, disse que “a humanidade não veio ao mundo para se “desenvolver”de modo geral e infinitamente, mas sim para ser feliz!” (4)

O consumo exagerado agride o planeta, pois ele incentiva a curta durabilidade das coisas para que se venda muito. Ainda de acordo com Mujica (apud  BORTOLON; MENDES, 2014), “não será preciso um crescimento econômico, mas, uma decisão política de se construir outra ‘cultura’”.(4)

Para Rodrigo C. Rocha Loures (apud  BORTOLON; MENDES, 2014),

torna-se evidente que o conceito de sustentabilidade está ligado à questão ambiental, mas não se reduz a ela. A sustentabilidade é uma temática vinculada a cultura, à sociedade e ao próprio ser humano. Está associada ao compromisso social e relacionada ao processo participativo de construção no qual as instituições, sociedade civil e outros grupos encontram espaço para exercer o seu papel de representação […].(4)

relacoes-sustentaveis-o-nosso-futuro-depende-disso

A nossa alma é Vital para relações sustentáveis com pessoas e com o planeta!

Se você acessar o “quem somos”, aqui no nosso site, vai encontrar o nosso manifesto que, resumidamente, consiste em dizer que a nossa alma é ajudar você cuidar da sua saúde, estimulando a experiência do auto cuidado e do resgate do amor próprio. Queremos inspirar as pessoas a se olharem e verem que podem ter mais qualidade de vida e, quando dizemos se olhar, é de dentro para fora.

A saúde plena, vai muito além do universo físico – ela deve vibrar em cada uma de nossas células, passando por nossos órgãos, nosso Ser, nossa família, comunidade e todo o planeta.

Para nós, para construir relações sustentáveis, é preciso ter ética, integridade, transparência, visão colaborativa e olhar para as pessoas e para o planeta com consciência e amor.

Momentos inesperados, que fogem do nosso controle e que podem parecer assustadores como este em que estamos vivendo devido à pandemia podem ser encarados como uma “oportunidade” para repensarmos muito a nossa maneira de viver, como é a relação que temos com o consumo desenfreado e como está o nosso senso de solidariedade com a comunidade na qual estamos inseridos. Que tal?

Para questionar-se e refletir:

  • Será que preciso disso tudo? Tantas roupas, calçados e objetos.
  • Estou olhando para as pessoas ao meu redor que foram mais afetadas que eu neste momento? Elas precisam de mim? Como posso ajudá-las?
  • Como estou cuidando da minha saúde, imunidade e alimentação?
  • Como estou ajudando o planeta a ser um lugar melhor para ser habitado?

Entenda em que você pode melhorar e como é possível contribuir para a construção de relações sustentáveis, duradouras, empáticas e fundamentadas naquilo que mais importa: o amor à vida e ao planeta.

FONTES: 
  1. SILVA, Daniela et al. A importância da sustentabilidade para a sobrevivência das empresas. Empreendedorismo, Gestão e Negócios. V. 5, n. 5, p-74-91, 2016. Disponível em <http://fatece.edu.br/arquivos/arquivos%20revistas/empreendedorismo/volume5/5.pdf>. Acesso em 21 ago. 2020.
  1. BACHA, Maria de Lourdes; SANTOS, Jorgina; SCHAUN, Angela. Considerações teóricas sobre o conceito de sustentabilidade. VIII Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia. 2010. Disponível em <https://www.aedb.br/seget/arquivos/artigos10/31_cons%20teor%20bacha.pdf>. Acesso em 21 ago. 2020.
  1. PROPÓSITO. In: MICHAELIS. Editora Melhoramentos, 2020. Disponível em <http://michaelis.uol.com.br/busca?id=7mw7W>. Acesso em 21 ago. 2020.
  1. BORTOLON, Brenda; MENDES, Marisa Schmitt Siqueira. A Importância da Educação Ambiental para o Alcance da Sustentabilidade. Revista Eletrônica de Iniciação Científica. Itajaí, Centro de Ciências Sociais e Jurídicas da UNIVALI. v. 5, n.1, p. 118-136, 2014. Disponível em <https://www.univali.br/graduacao/direito-itajai/publicacoes/revista-de-iniciacao-cientifica-ricc/edicoes/lists/artigos/attachments/984/arquivo%206.pdf>. Acesso em 21 ago. 2020

Deixe um comentário

Deixe aqui seu e-mail pra receber conteúdos incríveis sobre qualidade de vida.

Share on facebook
Share on twitter

VEJA TAMBÉM